Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamentos divergentes e infracionais autorrevelados em adolescentes do sexo feminino e variáveis psicológicas e sociais associadas

Processo: 14/12513-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 02 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marina Rezende Bazon
Beneficiário:Fellipe Soares Salgado
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/10027-1 - Estudo longitudinal dos problemas de comportamento em adolescentes infratoras do sexo feminino e a qualidade da relação entre país e adolescentes, BE.EP.DR
Assunto(s):Delinquência juvenil   Comportamento agressivo   Personalidade   Mulheres

Resumo

Pesquisas evidenciam um aumento do encarceramento de mulheres, bem como no da manifestação de comportamento delitivo em meio às adolescentes. Além de investimentos em prevenção, existe, assim, a necessidade de adequar as intervenções às adolescentes infratoras, tendo em vista suas necessidades específicas, uma vez que a maior parte do conhecimento produzido é relativo ao sexo masculino e a maior parte dos programas de intervenção também são pensados para esse segmento da população. Nesse sentido, a presente pesquisa tem por objetivo caracterizar os comportamentos divergentes e infracionais autorrevelados em uma amostra de cerca de 360 adolescentes do sexo feminino, com idades entre 12 e 18 anos incompletos, matriculadas no ensino público e privado de duas cidades de porte médio no Brasil, uma no interior do estado de São Paulo e outra no interior de Minas Gerais. Serão utilizados os seguintes instrumentos: Questionário de comportamentos juvenis, que apreende, por meio do método da autorrevelação, tanto comportamentos divergentes (abuso de drogas, fugas do lar), quanto comportamentos relacionados diretamente a atos infracionais; Questionário sobre traumas na infância - QUESE, que possibilita observar a frequência e a ocorrência mista dos abusos e negligências; Inventário de Personalidade de Jesness - IPJ, que avalia traços de personalidade e indicadores de psicopatologia, além de discriminar o maior ou um menor grau de engajamento infracional. A coleta se dará nas escolas mediante parecer favorável dos diretores, alunos e responsáveis, e os dados serão tratados por meio de análise de cluster, análise dos componentes principais, análise discriminantes e análise correlacional entre os clusters e as variáveis de personalidade e sociais, com intuito de caracterizar a amostra em subgrupos específicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)