Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de doença ateromatosa periférica e perfil antropométrico de pacientes soropositivos para HIV em TARV

Processo: 14/10713-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Maria Cristina Foss de Freitas
Beneficiário:Gabriela Cristina Meliscki
Instituição Sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Soropositividade para HIV   HIV   Composição corporal   Lipodistrofia   Terapia antirretroviral de alta atividade   Coeficiente de correlação de Pearson   Antropometria
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:antropometria | Doença Ateromatosa Periférica | Hiv | Indice tornozelo braquial | Lipodistrofia | Composição corporal

Resumo

Pacientes soropositivos para HIV em uso de terapia antirretroviral de alta potência (TARV) podem apresentar alterações de composição corporal e metabólicas denominadas de síndrome da lipodistrofia. Essas alterações constituem um perfil aterogênico, elevando os riscos para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Sendo assim, torna-se de grande importância identificar precocemente o risco para desenvolvimento dessas doenças através de métodos de avaliação práticos, acessíveis, precisos e confiáveis utilizados na prática clínica. Objetivos: Avaliar a prevalência de doença ateromatosa periférica através do índice tornozelo braquial (ITB); avaliar o perfil antropométrico; correlacionar as medidas antropométricas com o ITB. Metodologia: Serão avaliados 260 pacientes soropositivos para HIV em TARV. Para identificação de doença ateromatosa periférica será realizado o exame de ITB. Serão aferidas medidas de circunferências (cintura, quadril, coxa, panturrilha, pescoço, tronco), pregas cutâneas (bicipital, tricipital, subescapular, supra-ilíaca). As variáveis serão descritas através de média, desvio-padrão, mediana, quartis, mínimo e máximo. As correlações entre as variáveis serão admitidas pelos coeficientes de determinações de Pearson e Spearman, dependendo da distribuição de cada variável.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)