Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da interação farmacológica e cinética bactericida de novas moléculas furoxânicas em combinação com rifampicina, isoniazida, amicacina e moxifloxacina frente ao Mycobacterium tuberculosis H37Rv

Processo: 14/03920-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Joás Lucas da Silva
Beneficiário:Camila Maríngolo Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/14957-5 - Investigação do potencial contra tuberculose de uma nova classe de compostos furoxânicos e compostos nanoestruturados de rutênio(II) e cobre(II), AP.JP
Assunto(s):Biologia   Tuberculose   Sinergismo   Ações farmacológicas   Mycobacterium tuberculosis   Técnicas in vitro

Resumo

Neste projeto, propomos avaliar a interação farmacológica e um possível efeito sinérgico da Rifampicina, Isoniazida, Amicacina e Moxifloxacina e cinco novas moléculas furoxânicas obtidas por síntese pelo LAPDESF (Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos)da FCFAR/UNESP, que se demonstraram promissoras contra Mycobacterium tuberculosis. Este projeto é parte do Projeto Jovem Pesquisador (nº2013/14957-5) recentemente concedido, sob a coordenação do Prof. Dr. Fernando Rogério Pavan. O estudo de novas combinações de fármacos para combater o Mycobacterium tuberculosis é importante para adição de novos fármacos ao tratamento da tuberculose e avaliação de novas moléculas com potencial atividade frente às micobactérias. Dois métodos serão utilizados para estudo do sinergismo de moléculas in vitro: o método do tabuleiro de xadrez (checkerboard method) e a cinética bactericida. O checkerboard method permite avaliar combinações de fármacos que apresentam ou não sinergismo e quais as melhores concentrações sinérgicas para ambas as moléculas, entretanto o método não permite estudar o efeito sinérgico ao longo do tempo. Já com o método de cinética bactericida, a micobactéria é exposta a combinações de fármacos em diferentes concentrações. A cada 24 horas uma alíquota da amostra é retirada, diluída, semeada em placas, e incubadas para contagem de micobactérias. Os resultados são expressos em Unidades Formadoras de Colônias por Mililitro (UFC/mL). Com os dados obtidos, é possível construir uma curva de morte em relação ao tempo de contato do microrganismo com a molécula e assim observar a medida quantitativa da intensidade do efeito bactericida. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE SOUZA, P. C.; FERNANDES, G. F. S.; MARINO, L. B.; RIBEIRO, C. M.; DA SILVA, P. B.; CHORILLI, M.; SILVA, C. S. P.; RESENDE, F. A.; SOLCIA, M. C.; DE GRANDIS, R. A.; et al. Furoxan derivatives demonstrated in vivo efficacy by reducing Mycobacterium tuberculosis to undetectable levels in a mouse model of infection. BIOMEDICINE & PHARMACOTHERAPY, v. 130, . (18/11079-0, 18/00163-0, 14/03920-6, 17/12419-7, 16/09502-7, 14/02240-1, 13/14957-5, 16/02860-5, 14/24811-0, 16/24633-0, 18/17739-2, 15/19531-1, 16/22429-7, 14/11586-9)
DOS SANTOS FERNANDES, GUILHERME FELIPE; DE SOUZA, PAULA CAROLINA; MORENO-VIGURI, ELSA; SANTIVANEZ-VELIZ, MERY; PAUCAR, ROCIO; PEREZ-SILANES, SILVIA; CHEGAEV, KONSTANTIN; GUGLIELMO, STEFANO; LAZZARATO, LORETTA; FRUTTERO, ROBERTA; et al. Design, Synthesis, and Characterization of N-Oxide-Containing Heterocycles with in Vivo Sterilizing Antitubercular Activity. Journal of Medicinal Chemistry, v. 60, n. 20, p. 8647-8660, . (15/19531-1, 14/24811-0, 16/09502-7, 14/03920-6, 14/02240-1, 16/02860-5, 13/14957-5, 14/11586-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.