Busca avançada
Ano de início
Entree

A história dos maconde de Moçambique em interface com a arte, cultura e política: uma pesquisa aos documentos portugueses do período colonial e às coleções de arte

Processo: 14/10262-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 16 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 15 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Maria Cristina Cortez Wissenbach
Beneficiário:Lia Dias Laranjeira
Supervisor no Exterior: Olga Maria Lopes Serrão Iglésias Neves
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade Nova de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:12/07507-0 - Os macondes na construção da identidade nacional moçambicana: interações históricas entre arte, cultura e resistência, BP.DR
Assunto(s):Artes   Moçambique

Resumo

A investigação na qual o presente projeto de estágio de pesquisa se insere tem como foco a história dos maconde de Moçambique no contexto da produção de arte e cultura nesse país, entre a década de 1950 e a atualidade. Na pesquisa em curso pretende-se compreender o lugar ocupado pela cultura e pela arte maconde na construção de um patrimônio cultural moçambicano, assim como a relação, intrínseca a este processo, entre a identidade étnica maconde e a identidade nacional. A pesquisa tem se debruçado sobre documentos e publicações do período colonial produzidos por funcionários da administração colonial, etnólogos e por membros da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), localizados, especialmente, em acervos e instituições de Moçambique. Em outra frente, tem se coletado dados em entrevistas realizadas com artistas, colecionadores, dentre outros, na participação das manifestações culturais de origem maconde, e nas interpretações das produções artísticas. Tendo em vista os vieses mencionados, e no sentido de dar continuidade à pesquisa, no estágio junto ao Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, sob orientação da Profa. Dra. Olga Iglésias, pretende-se aprofundar e expandir o corpus documental já reunido, a partir de uma investigação nos acervos do Arquivo Nacional da Torre do Tombo (ANTT), do Arquivo Histórico Militar (AHM), da Biblioteca Nacional, da Sociedade de Geografia de Lisboa e do Museu de Antropologia da Universidade de Coimbra, dentre outros. O estágio de pesquisa em Portugal tem como principais objetivos: (a) ampliar o repertório a respeito da história dos maconde no período colonial; (b) compreender a circulação e as representações da arte maconde e de obras de artistas que se consideram maconde e denominam sua arte como tal, fora de Moçambique; (c) investigar sobre o episódio emblemático conhecido como "Massacre de Mueda"; (d) e, por fim, reunir a documentação referente à história da coleção de arte maconde do Museu de Antropologia da Universidade de Coimbra. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)