Busca avançada
Ano de início
Entree

A "família desestruturada" e a "casa-embrião": os usos do parentesco para pensar as relações entre os moradores de um bairro de classe trabalhadora e uma escola em São Paulo

Processo: 14/04751-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Ana Claudia Duarte Rocha Marques
Beneficiário:Nicolau Dela Bandera Arco Netto
Supervisor no Exterior: Jeanette Edwards
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Manchester, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:12/07348-0 - O mito da família desestruturada e a relação entre famílias das classes trabalhadoras e a escola: uma reflexão antropológica, BP.DR

Resumo

Esta pesquisa tem como principal objetivo aprimorar a abordagem analítica e teórica do material etnográfico obtido em minha pesquisa de doutorado, aproximando as teorias antropológicas recentes sobre família e escolarização das classes trabalhadoras no Brasil e os estudos etnográficos e as formulações teóricas sobre o parentesco e as classes trabalhadoras desenvolvidas por antropólogos britânicos. Três subtemas da minha pesquisa no Brasil dialogam com linhas de pesquisa na Antropologia britânica, sobretudo na Universidade de Manchester: 1) a 'família desestruturada': os usos do parentesco nas escolas do "Recanto dos Humildes"; 2) a produção da reputação local: violência, pertencimento, e comunidade; 3) a 'casa-embrião': a centralidade da mãe na produção das 'casas de respeitabilidade'. A revisão, análise e expansão das referências bibliográficas necessárias para a preparação da minha tese de doutorado constituirá uma rotina de trabalho durante toda a fase de pesquisa no Reino Unido, que prevê a frequência às bibliotecas da Universidade de Manchester, e eventualmente de outras universidades do Reino Unido. Com o intuito de explorar analiticamente o material etnográfico será necessária uma imersão na produção passada e contemporânea da antropologia britânica, por meio da participação em conferências, seminários e grupos de pesquisa da Universidade de Manchester. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)