Busca avançada
Ano de início
Entree

Periferia, periférico e sujeito periférico

Processo: 14/07516-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 01 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Filosofia Brasileira
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Arantes
Beneficiário:Tiaraju Pablo D'Andrea
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/19610-9 - Periferia, periférico e Sujeito Periférico, BE.EP.PD
Assunto(s):Periferia

Resumo

A pesquisa proposta pretende refletir sobre as classes populares brasileiras no triênio 2014-2016. Para tanto, parte de pesquisas prévias sintetizadas no doutorado do proponente. Em um primeiro plano, pretende-se aperfeiçoar o significado do conceito sujeito periférico, entendido como a ação política do morador da periferia urbana por meio da utilização do termo periférico, calcado na pertença e no reconhecimento de tal condição. Compondo com a elaboração do conceito supracitado, dita reflexão sobre as classes populares se dará por meio de trabalhos de campo nos quais serão analisados três temas principais: a localização urbana como experiência social; a produção artística como expressão dessa vivência urbana e; a organização política que se estrutura a partir da condição de periférico.Articulando e embasando a elaboração do conceito e a problematização das três temáticas principais já referidas, se analisará a crise do lulismo como paradigma político, bem como a crise de representações sociais calcadas no mundo do trabalho e o surgimento de identificações coletivas que denotam problemáticas urbanas, dos quais uma série de levantes populares pelo mundo são expressão. Por fim, por meio de uma pesquisa comparativa e multidisciplinar, serão realizados trabalhos de campo em periferias francesas, com o intuito de refletir sobre coincidências e discrepâncias com relação à realidade observada nas periferias paulistanas, tendo como eixo principal de articulação entre as duas realidades a tríade organização política, localização urbana e produção artística. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)