Busca avançada
Ano de início
Entree

Teste da habilidade de atenção auditiva sustentada revisado e sua aplicabilidade em crianças

Processo: 14/07044-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mariza Ribeiro Feniman
Beneficiário:Maria Renata José
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Audição   Atenção auditiva

Resumo

A atenção é uma função neuropsicológica, que está envolvida outras habilidades cognitivas e, é essencial para a aprendizagem. Na realidade nacional, verifica-se uma escassez de instrumentos padronizados que avaliem a habilidade de atenção auditiva sustentada, sendo esta fundamental em crianças que estão em idade escolar. A informatização de testes na área de saúde permite maior rapidez e precisão da avaliação e análise das respostas para obtenção do resultado final, em relação aos instrumentos que dependem da subjetividade do avaliador, e por isso facilita a aplicação e disponibilização do teste para um grande número de profissionais. Objetivo: verificar a aplicabilidade e o desempenho de crianças no Teste da Habilidade de Atenção Auditiva Sustentada Informatizado Revisado (THAAS). Material e métodos: a pesquisa será constituída por duas etapas: 1) revisão e manutenção do software THAAS; e, 2) verificação da aplicabilidade do THAAS e desempenho de crianças. A manutenção do software THAAS será realizada por profissional especializado no desenvolvimento e manutenção de softwares. A casuística será composta por 180 crianças (faixa etária de seis a 11 anos), de ambos os gêneros. Os participantes da pesquisa serão divididos em seis grupos, os quais serão constituídos por 30 crianças em cada idade (seis, sete, oito, nove, dez e, 11 anos), com audição periférica normal bilateralmente, pareadas o mais próximo possível quanto ao gênero. Todas as crianças serão submetidas à triagem audiológica (nas frequências de 500Hz, 1000Hz, 2000Hz e 4000Hz), Imitanciometria, questionário de atenção e ao THAAS. Os procedimentos de avaliação das crianças serão realizados na Clínica de Fonoaudiologia da instituição em que o projeto será desenvolvido, após aprovação no Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos da mesma instituição. Deverá ser obtido o desempenho dos seis grupos amostrados, bem como a comparação entre eles. Aferição também deverá ser realizada com os dados normativos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JOSÉ, Maria Renata. Teste da habilidade de atenção auditiva sustentada revisado e sua aplicabilidade em crianças. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/SDB) Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.