Busca avançada
Ano de início
Entree

Eletrofisiologia do processamento semântico e emocional de crianças com transtorno global do desenvolvimento em tarefas com interação materna

Processo: 13/26500-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Paulo Sérgio Boggio
Beneficiário:Claudia Aparecida Valasek
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroencefalografia   Transtorno autístico   Prosódia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:autismo | Eeg | interação materna | processamento facial | processamento semântico | prosódia | Neurociência Cognitiva e Social

Resumo

Pacientes com transtorno do espectro do autismo apresentam déficits significativos no desenvolvimento e processamento de linguagem, assim como prejuízo no processamento e interpretação de emoções o que acaba por interferir em suas interações sociais. Poucos estudos são encontrados combinando o uso de eletroencefalografia em tarefas que buscam a investigação de como ocorre o processamento semântico de objetos, expressão facial e prosódia em pacientes com autismo, ainda mais se considerada a faixa etária de 2 a 6 anos. Além disso, todos os estudos descritos até o momento fazem uso da exposição de faces ou de objetos deslocados de um contexto de interação social. Dessa forma, apresento este projeto de doutorado que tem como objetivo compreender os mecanismos eletrofisiológicos subjacentes a tarefas de processamento semântico de objetos, de expressão emocional e integração de expressão facial e prosódia com a interação materna e com interação de pessoa desconhecida. Ademais, iremos comparar os resultados de crianças que se enquadrem nos transtornos globais do desenvolvimento com grupo controle de desenvolvimento típico. Os resultados obtidos poderão explicitar os marcadores eletrofisiológicos em idade precoce presentes em tarefas de processamento semântico avaliando as diferenças e semelhanças presentes entre os grupos, auxiliar na compreensão de como ocorre o processamento de informações com e sem conteúdo emocional, além de avaliar os efeitos de familiaridade nesse contexto, ampliando o conhecimento sobre a influência materna no desenvolvimento cognitivo e social da criança com autismo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)