Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos potenciais preventivo e terapêutico da goniotalamina em modelos de câncer de cólon associado a colite e câncer de cólon esporádico

Processo: 14/05189-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Ronaldo Aloise Pilli
Beneficiário:Débora Barbosa Vendramini Costa
Supervisor: Sergei I. Grivennikov
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Fox Chase Cancer Center (FCCC), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:12/18281-3 - Mecanismo de ação da goniotalamina e derivados: uso de sondas fluorescentes e receptores de folato, BP.PD
Assunto(s):Transformação celular neoplásica   Inflamação   Colite   Neoplasias
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:câncer | Carcinogênese | colite | Goniotalamina | Inflamação | mecanismo de ação | Síntese orgânica. Mecanismo de ação.

Resumo

A relação câncer-inflamação é bem documentada, sendo que o desenvolvimento de 15 a 20% dos casos de câncer é precedido por inflamações crônicas. Entretanto, a maioria dos tumores sólidos apresentam uma habilidade paradoxal em recrutar células inflamatórias e regular positivamente mediadores inflamatórios, tais como citocinas, os quais auxiliam na progressão tumoral. Esse processo é definido como "tumor elicit inflammation (TEI)", e sugere-se que no câncer coloretal (CCR), TEI é induzida precocemente no processo de tumorigênese, particularmente pela indução de oncogenes decorrente do deterioramento da barreira epitelial e translocação de produtos microbianos para o tumor. O CCR é a segunda causa de morte por câncer nos Estados Unidos, apesar dos importantes avanços na detecção, cirurgia e quimioterapia. Drogas anti-inflamatórias aumentam a sobrevida nos casos de CCR, demonstrando a importância da inflamação para a progressão tumoral. Além da aspirina, nenhuma outra droga anti-inflamatória progrediu para estudos clínicos de prevenção ou terapia. Nesse sentido, essa proposta, a qual é parte do projeto de pós-doutorado "Mecanismo de ação da goniotalamina e derivados: uso de sondas fluorescentes e receptores de folato" visa estudar a goniotalamina (GTN), uma estiril-lactona com atividade anti-inflamatória e anticâncer em modelos de câncer de cólon associado a colite e câncer de cólon espontâneo. Estudos anteriores conduzidos pela proponente durante seu doutorado e pós-doutorado mostram que a GTN apresenta atividade antiproliferativa em células tumorais humanas, apresentando também atividades antitumoral e anti-inflamatória in vivo, sem sinais de toxicidade. Dessa forma, os dados anteriores justificam a investigação dos efeitos da goniotalamina e seu mecanismo de ação sobre processos inflamatórios que progridem a câncer e processos inflamatórios deflagrados pelo tumor, em modelos de carcinogênese induzida e espontânea. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VENDRAMINI-COSTA, DEBORA BARBOSA; FRANCESCONE, RALPH; POSOCCO, DAVID; HOU, VIVIANTY; DMITRIEVA, OXANA; HENSLEY, HARVEY; DE CARVALHO, JOAO ERNESTO; PILLI, RONALDO ALOISE; GRIVENNIKOV, SERGEI I.. Anti-inflammatory natural product goniothalamin reduces colitis-associated and sporadic colorectal tumorigenesis. Carcinogenesis, v. 38, n. 1, p. 51-63, . (09/51602-5, 14/05189-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.