Busca avançada
Ano de início
Entree

Adesão e barreiras para participação em um programa de caminhada para adultos e idosos atendidos pelo NASF de São Carlos, SP

Processo: 13/26777-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Grace Angélica de Oliveira Gomes
Beneficiário:Isabela Martins Oliveira
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/22939-0 - Promoção de atividade física na atenção básica de saúde: análise do uso de materiais educativos de saúde por agentes comunitários de saúde, BE.EP.IC
Assunto(s):Saúde pública   Envelhecimento   Atenção primária à saúde   Promoção da saúde   Atividade física   Caminhada   Homens   São Carlos (SP)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:adesão | Atenção básica de saúde | Atividade Física | barreiras | Caminhada | Homens | Atividade Física e Saúde Pública

Resumo

Apesar da ampla divulgação sobre a importância da atividade física para a promoção da saúde e para um envelhecimento ativo e saudável, ainda é baixo o nível de atividade física da população. Existe a necessidade de maior aprofundamento em relação a fatores relacionados à adesão das pessoas a programas de atividade física, em especial na Atenção Básica de Saúde. Diante disto, esta pesquisa tem por objetivo avaliar a adesão, as barreiras, os motivos de participação e os motivos de desistência de adultos e idosos de um programa de caminhada orientada. Trata-se de uma pesquisa de delineamento longitudinal, direcionados a adultos e idosos com a participação de: 1) grupo intervenção (n=71), e 2) grupo controle (n=71). A intervenção terá duração de seis meses, com um período posterior de acompanhamento de seis meses. O programa oferecerá exercícios físicos supervisionados duas vezes por semana, com duração de uma hora. As aulas serão compostas de atividades recreacionais, caminhada e estratégias educativas de mudança de comportamento para atividade física. Serão avaliadas características sociodemográficas, socioeconômicas e variáveis de adesão, barreiras para atividade física e motivos de participação no início do programa. Os motivos de desistência serão analisados ao longo da intervenção. Espera-se encontrar maioria dos indivíduos do sexo feminino, na faixa etária acima de 40 anos e níveis de escolaridade e renda diversos. Espera-se que as pessoas busquem o programa por questões estéticas e de saúde, e que o programa apresente características de baixa adesão, principalmente pela barreira falta de tempo e presença de doenças. Espera-se que a desistência ocorra em função de questões familiares e doenças incapacitantes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)