Busca avançada
Ano de início
Entree

A qualidade de vida do cuidador primário de crianças com paralisia cerebral

Processo: 13/21361-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Patrícia Carla de Souza Della Barba
Beneficiário:Nathalia Abreu dos Santos
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Paralisia cerebral   Qualidade de vida   Cuidadores   Pessoal de saúde   Inquéritos e questionários   Coeficiente de correlação de Pearson

Resumo

O cuidador, além de seu papel de cuidar do outro, também precisa cuidar de si mesmo, e essa percepção é importante quando falamos em intervenção junto à criança com deficiência. A literatura aponta divergências quanto ao nível de limitação motora da criança com paralisia cerebral interferir na qualidade de vida dos cuidadores; alguns apontam para diferenças significativas e outros para não significativas. O objetivo dessa pesquisa consiste em identificar as possíveis relações entre o comprometimento motor de crianças com paralisia cerebral, a qualidade de vida de seus cuidadores primários e a percepção de suporte social por este cuidador. Serão utilizadas duas classificações funcionais com a criança com paralisia cerebral: versão ampliada e revisada do Sistema de Classificação da Função Motora Grossa (GMFCS - E & R - Gross Motor Function Classification System Expanded and Revised, 2007) e Sistema de Classificação da Habilidade Manual ( MACS - Manual Ability Classification System, 2006). Aos cuidadores primários será aplicado um instrumento genérico sobre qualidade de vida (SF-36 Item Short-Form Health Survey) e um questionário de suporte social (SSQ - Social Support Questionnaire). É um estudo de caráter quantitativo, descritivo e correlacional. Os dados obtidos serão analisados quantitativamente por correlação de variáveis através do Teste de Correlação de Pearson. Espera-se proporcionar aos profissionais da saúde a atenção de forma ampliada aos aspectos do atendimento à criança com paralisia cerebral, considerando as necessidades do cuidador em seus planos de intervenção.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)