Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de primers experimentais contendo carbodiimida na atividade de metaloproteinases da matriz dentinária, degradação do colágeno e da união resina-dentina hígida e afetada por cárie

Processo: 13/20412-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Josimeri Hebling Costa
Beneficiário:Claudia Cristina Delgado
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Odontopediatria   Resistência de união (odontologia)   Cárie dentária   Metaloproteinases   Colágeno   Adesivos dentinários

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar o efeito da aplicação de primers experimentais contendo carbodiimida (EDC) na atividade total de metaloproteinases da matriz dentinária (MMPs), degradação do colágeno dentinário e da união resina-dentina hígida e dentina afetada por cárie. Duzentos e quarenta espécimes de dentina (1x1x6 mm) serão obtidos de 80 molares permanentes hígidos. Metade destes espécimes (n=120) será submetida a um protocolo microbiológico de indução artificial de cárie. Espécimes hígidos e cariados (n=10 por grupo) serão condicionados por 15 s seguidos do tratamento por 60 s com: água (controle), solução de EDC 0,5 M, primer experimental (50% HEMA em água), primer experimental com EDC 0,5 M, primer do sistema Scotchbond MP (SBMP) ou SBMP adicionado de 0,5 M EDC. A atividade total de MMPs será determinada imediatamente após os tratamentos por meio de teste colorimétrico (SenSolyte). Para a determinação da perda de massa seca e liberação de hidroxiprolina (HYP) serão utilizados os 10 espécimes restantes de cada grupo, os quais serão completamente desmineralizados em ácido fosfórico por 18 horas. Perda de massa seca e HYP serão avaliados antes dos tratamentos e após 7 dias de armazenamento em saliva artificial. Oitenta molares hígidos adicionais terão a porção oclusal desgastada para a obtenção de uma superfície de dentina plana. Metade destes dentes será submetida ao protocolo de indução artificial de cárie. Dentes hígidos e afetados por cárie serão divididos em 5 grupos (n=8): SBMP, solução de EDC 0,5 M, primer experimental, primer experimental com EDC 0,5 M ou SBMP com EDC 0,5 M. Em todos os grupos, após o tratamento, será aplicado o adesivo do sistema Scotchbond MP e um bloco de resina será construído. Os dentes serão seccionados em espécimes (0,81 mm2 de secção transversal) os quais serão armazenados em saliva artificial por 24 h ou 6 meses previamente ao ensaio mecânico de microtração. Uma fatia de cada dente será selecionada para análise da nanoinfiltração em MEV. Os testes estatísticos serão definidos em função dos fatores de variação dos experimentos e após análise do conjunto de dados quanto a sua distribuição e homocedasticidade. Todos os testes serão considerados ao nível pré-estabelecido de significância de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DELGADO, Claudia Cristina. Efeito de um primer experimental contendo carbodiimida na atividade de metaloproteinases, degradação do colágeno e da união resina-dentina. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Odontologia. Araraquara Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.