Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade proteolítica da dentina decídua e permanente e efeito da aplicação de edc na inativação de mmps e na degradação da interface adesiva. estudos in vitro e in vivo

Processo: 13/20585-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Josimeri Hebling Costa
Beneficiário:Débora Lopes Salles Scheffel
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/17232-4 - Infiltração de monômeros hidrófobos na dentina desmineralizada usando a técnica HEMA wet-bonding: prova de conceito, BE.EP.PD
Assunto(s):Metaloproteinases da matriz   Odontopediatria   Dentina   Colágeno   Etildimetilaminopropil carbodiimida
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:colageno | dentina | Etildimetilaminopropil carbodiimida | Ligações Cruzadas | metaloproteinases da matriz | Odontopediatria

Resumo

O objetivo geral deste trabalho será avaliar a atividade de MMPs (AMMP) na dentina decídua e permanente ao longo do tempo, bem como a influência do tratamento com EDC sobre a inibição destas proteases e a degradação da interface adesiva in vivo. No Experimento 1 palitos de dentina serão obtidos de molares decíduos e permanentes e completamente desmineralizados. Será determinada a AMMP para cada grupo (decíduo e permanente), bem como o módulo de elasticidade (E) e massa seca iniciais. Os palitos serão armazenados em saliva artificial e os novos E e massa seca serão reavaliados após 7 dias, 1 mês e 2 meses de armazenamento, bem como a liberação de fragmentos ICTP e CTX. Para o Experimento 2, terceiros molares serão utilizados para a produção de palitos de dentina que após serem completamente desmineralizados terão o E, massa seca e AMMP iniciais determinados. Os palitos serão tratados com uma das seguintes soluções por 60s: água (controle); EDC 0,1M; 0,3M; 0,5M; 1M ou 2M ou Glutaraldeído 5% e o E e a AMMP serão novamente avaliados. Os espécimes serão armazenados em saliva artificial e o E, massa seca e AMMP serão medidos após 7 dias, 1 mês e 2 meses. Finalmente, no Experimento 3, dez pacientes com lesões de cárie em molares decíduos homólogos serão selecionados. Após a remoção do tecido cariado e condicionamento ácido os dentes serão tratados com água (controle) ou com EDC 0,5M por 60s previamente a aplicação do sistema adesivo. Os dentes serão restaurados e após esfoliação serão coletados para análise da interface adesiva em MET. Os dados referentes a AMMP, E e massa seca serão analisados quanto a sua normalidade e homocedasticidade para a escolha dos testes estatísticos (p>0,05). As imagens de MET serão analisadas de forma descritiva.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CLÁUDIA CRISTINA DELGADO; DÉBORA LOPES SALLES SCHEFFEL; RÉGIS HENKE SCHEFFEL; DAVID PASHLEY; JOSIMERI HEBLING. Redução da atividade proteolítica da dentina após curtos períodos de aplicação de proantocianidina. Rev. odontol. UNESP, v. 44, n. 6, p. 355-359, . (13/20585-3, 12/08866-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.