Busca avançada
Ano de início
Entree

Verificação de proteínas apoptóticas em resposta ao uso da melatonina em co-cultura de fibroblastos com linhagem tumoral mamária

Processo: 13/20121-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Debora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Beneficiário:Jessica Picinin Cardoso
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia   Neoplasias mamárias   Microambiente tumoral   Melatonina   Fibroblastos   Apoptose   Progressão tumoral   Agentes terapêuticos

Resumo

As neoplasias mamárias são os tumores mais comuns entre as mulheres. Nos últimos anos, tem sido demonstrado que a progressão do câncer depende não só das alterações nas células tumorais, como também em seu microambiente. Fibroblastos associados ao câncer (CAFs) são as células mais abundantes no microambiente tumoral e são capazes de intermediar respostas que promovem o desenvolvimento do tumor. O hormônio melatonina tem sido associado a diversos mecanismos de ação com efeitos oncostáticos e oncoprotetores, entre eles o bloqueio da progressão do câncer pela redução da síntese de fibroblastos circundantes e células endoteliais no câncer de mama e indução da apoptose em diversos tipos de linhagens tumorais. O objetivo desse estudo é avaliar a influência dos CAFs em células tumorais de mama (MDA-MB-231) na expressão de proteínas apoptóticas antes e após o tratamento com melatonina. Será realizado o tratamento com melatonina em co-cultivo das linhagens MDA-MB-231 com CAFs e verificada a expressão dos principais fatores envolvidos no processo de apoptose através da técnica de Antibody Array. Os resultados obtidos permitirão verificar a influência dos CAFs nas células tumorais de mama e ação da melatonina nessas células como potencial agente terapêutico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)