Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel do fator de transcrição POD-1/TCF21 na esteroidogênese e migração celular de células de tumores adrenocorticais

Processo: 13/14254-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Claudimara Ferini Pacicco Lotfi
Beneficiário:Cleudiana Lima Carvalho
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Células tumorais   Carcinoma adrenocortical   Movimento celular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:adrenocortical | migração | Pod-1 | Tcf21 | Estrutura e Função Celular

Resumo

POD-1/TCF21 é um fator de transcrição da família basic-helix-loop-helix (bHLH) que está expresso nos sítios de transição mesênquima-epitélio- durante a diferenciação de diversos órgãos. Em melanoma, a regulação negativa de TCF21 parece estar relacionada com o aumento da capacidade de invasão e metástase. Em nosso trabalho anterior, no qual utilizamos células de tumor adrenocortical de camundongo, linhagem Y1 estavelmente transfectadas com o gene Pod-1, foi possível verificar uma pequena redução, mas estatisticamente significante, da capacidade de migração celular, o que sugere que o gene Pod-1 pode estar envolvido. No entanto, essa redução da migração foi pouco convincente e novos estudos em células humanas são necessários para corroborar o efeito biológico observado. Desse modo, nesse projeto nosso objetivo será avaliar o papel da hiperexpressão de POD-1/TCF-21 na migração celular da linhagem de carcinoma adrenocortical humana NCI-H295R e SW13, de uma linhagem de melanoma, e da linhagem de hepatocarcinoma humano as células HepG2 e das células de carcinoma de mama, MCF7. As células serão transientemente transfectadas com plasmídeo pcDNA3GFP (green fluorescente protein), para análise da eficiência de transfecção, seguido da análise da expressão de Pod-1 nas células transfectadas com o vetor pCMVMycPod1 e o vetor vazio (pCMVMyc). Serão realizados ensaios de migração usando uma câmara de quimiotaxia composta por dois compartimentos separados por uma micromembrana porosa. Com esse estudo pretendemos contribuir para o entendimento do papel de Pod-1/TCF21 como um fator, que se presente, contribui negativamente para a progressão dos tumores adrenocorticais bem como de outras neoplasias. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)