Busca avançada
Ano de início
Entree

Construção de vínculos afetivos por bebes em diferentes contextos de acolhimento.

Processo: 13/06012-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 22 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Katia de Souza Amorim
Beneficiário:Gabriella Garcia Moura
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/25346-0 - Emoções e gestos em bebês: recursos teóricos e metodológicos no estudo sobre construção de vínculos afetivos, BE.EP.DR
Assunto(s):Desenvolvimento infantil   Bebês
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Acolhimento institucional | Bebês | Família Acolhedora | vínculos | Desenvolvimento Infantil

Resumo

Na psicologia, destaca-se a importância dos vínculos afetivos para o desenvolvimento humano, particularmente no primeiro ano de vida. Tendo-se a hipótese de que tal capacidade de vinculação é inerente e necessária à sobrevivência da criança e ao compartilhamento cultural humano, independentemente das (a)d(i)versas condições, o objetivo da presente pesquisa é investigar, em diferentes contextos de acolhimento (Instituição e Família Acolhedora), o processo de construção de vínculos entre bebês e adultos cuidadores. Para isso, propõe-se estudar, longitudinalmente, dois bebês em cada contexto, na sua relação com cuidadores específicos. A principal via metodológica consiste em videogravações realizadas ao longo de três meses, acompanhando a construção das relações desde a chegada do bebê ao serviço de acolhimento. Também serão realizadas entrevistas com os cuidadores, quinzenalmente, de modo a investigar as percepções dos mesmos sobre vínculos afetivos, sobre o acolhimento de bebês em geral e, especificamente, sobre a relação com o bebê em foco. Para análise, serão utilizados dois procedimentos: uma metodologia sistemática, de caráter quantitativo, buscando avaliar a ocorrência de indícios e manifestação de vínculos afetivos por meio de categorias de observação como "orientação da atenção", "busca/manutenção de proximidade" e "trocas sociais". A partir da identificação desses indícios, será feita análise qualitativa, microgenética, a fim de compreender os processos e as (trans)formações ocorridas nas formas de se relacionar. A Rede de Significações, enquanto perspectiva teórico-metodólogico, ampara o olhar para a complexidade e apreensão dos entrelaçados e múltiplos sentidos que se apresentam nas situações. Além da relevância teórica do tema, a presente pesquisa também pode contribuir dando suporte para a proposição de políticas que levem em consideração estes aspectos, estabelecendo parâmetros para a sua capacitação e criando estratégias de ação.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)