Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa observacional no contexto da depressão pós-parto

Processo: 13/12212-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Vera Silvia Raad Bussab
Beneficiário:Julia Scarano de Mendonça
Supervisor no Exterior: Joscha Kärtner
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Munster, Alemanha  
Vinculado à bolsa:10/52613-8 - Investigacao do papel do pai: questoes relativas ao relacionamento conjugal, a aspectos sociais e afetivos, a participacao nos cuidados da crianca e as crencas parentais no contexto da depressao pos parto.., BP.PD
Assunto(s):Depressão pós-parto

Resumo

O objetivo do estágio no exterior é aprofundar e consolidar o conhecimento teórico e prático sobre o uso de dados observacionais em pesquisas sobre o desenvolvimento humano. Eu pretendo realizar o estágio no Laboratório de Observação do Departamento de Psicologia do Desenvolvimento Humano na Westfälische Wilhelms-Universität Münster, Alemanha, dirigido pelo Dr. Joscha Kärtner. No que se refere aos meus dados especificamente, eu pretendo fazer a análise estatística dos dados de observação diádica (mãe-criança e pai-criança), terminar de elaborar a taxonomia de codificação das tríades (mãe-pai-criança), e começar o processo de codificação no programa de computador alemão Interact da taxonomia da tríade. Durante o período do estágio eu também pretendo escrever um artigo em colaboração com o Dr. Joscha Käertnet sobre a sincronia interacional na interação mãe-criança e pai-criança e iniciar um segundo artigo sobre a sincronia interacional da tríade mãe-pai-criança. 1.Comparação da sincronia interacional na díade mãe-criança e pai-criança no contexto da depressão pós-parto. Para esse trabalho foi observada a interação da criança com a sua mãe e com o seu pai separadamente, e codificada a sincronia interacional entre os parceiros sociais a partir de quatro categorias: a proximidade física, a orientação visual e corporal e o envolvimento diádico. Famílias cujas mães relatam sintomas de depressão pós-parto serão comparadas com famílias em que as mães não relataram esses sintomas. Uma série de estudos mostra dificuldades na interação da criança com a mãe com depressão pós-parto. Resultados recentes do Projeto Temático, no qual a minha pesquisa de pós-doutorado está incluída, sobre as origens e consequências da depressão pós-parto mostraram diferentes padrões de interação na díade mãe-criança quando a mãe relata sintomas de depressão pós-parto. A interação da criança com o pai no contexto da depressão pós-parto materna é um tópico ainda muito pouco explorado. Alguns estudos sugerem que o pai possa exercer um papel moderador quanto aos eventuais efeitos da depressão materna para a família, na presença de satisfação conjugal. Uma hipótese é que o apoio do parceiro ative mecanismos de resiliência materna, os quais facilitariam o enfrentamento do quadro depressivo da mãe. A análise dos dados observacionais trará informações complementares sobre o funcionamento do pai em famílias com e sem depressão. 2. Sincronia interacional na tríade mãe-pai-criança no contexto da depressão pós-parto.Inspirados pela abordagem sistêmica da família, psicólogos do desenvolvimento consideram cada vez mais os diversos contextos sociais dos quais a criança participa e as múltiplas interações em cada um deles. Nos últimos anos, tendência semelhante tem inspirado as investigações sobre as origens e consequências da DPP. Mudanças de paradigmas são normalmente acompanhadas de grandes desafios metodológicos. Um dos grandes desafios atuais da área do desenvolvimento humano, inspirada por teorias de base etológica com valorização do comportamento e da interação humanas, é a sistematização da observação de interações múltiplas. Eu realizarei um treinamento no Centre d'Études de la Famille, na Universidade de Lausanne, na Suíça em setembro de 2013 com o objetivo de adaptar o meu sistema de codificação sobre a sincronia interacional diádica à situação da tríade mãe-pai-criança. O treinamento no Centre d'Études de la Famille me dará subsídios para empreender esse trabalho, o qual terá continuidade nesse estágio na Alemanha com a colaboração do Dr. Joscha Käertner. Estudos observacionais no contexto da depressão pós-parto são pouco numerosos, especialmente considerando-se o contexto mais amplo da família. Resultados de pesquisa mostrando diferenças na interação entre os membros da família em que a mãe apresente DPP trarão subsídios para programas de prevenção e intervenção com envolvimento da família. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MENDONCA, JULIA SCARANO; RAAD BUSSAB, VERA SILVIA; KAERTNER, JOSCHA. Interactional Synchrony and Child Gender Differences in Dyadic and Triadic Family Interactions. JOURNAL OF FAMILY ISSUES, v. 40, n. 8, p. 959-981, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.