Busca avançada
Ano de início
Entree

Condicionamento fisiológico de sementes de pimentão com bioregulador em sistema de tambor

Processo: 13/11260-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de agosto de 2013
Vigência (Término): 14 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Julio Marcos Filho
Beneficiário:Clíssia Barboza da Silva
Supervisor no Exterior: Mark A. Bennett
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: Ohio State University, Columbus, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/07842-1 - Condicionamento fisiológico de sementes de pimentão com biorreguladores, BP.DR
Assunto(s):Cultivos agrícolas   Pimentão

Resumo

Estandes desuniformes de plântulas em campo têm constituído fator limitante na produção comercial de pimentão. O condicionamento fisiológico de sementes pode representar alternativa promissora, tendo em vista os benefícios sobre a germinação e emergência de plântulas, especialmente sob condições ambientais menos favoráveis. A combinação desta técnica à adição de reguladores vegetais, pode ainda resultar em benefício adicional, favorecendo a atividade de enzimas antioxidantes, o desenvolvimento de plântulas e a tolerância a estresses. Contudo, estudos ainda devem ser realizados para o aperfeiçoamento desta técnica e confirmação de suas possíveis vantagens. Com o objetivo de avaliar a eficiência do método do tambor para o condicionamento fisiológico de sementes de pimentão, utilizando bioregulador, serão realizados tratamentos pré-germinativos com o emprego de 24-epibrassinolídeo, sobre a germinação e vigor. O estudo será desenvolvido no Departamento de Horticultura e Agricultura da Universidade Estadual de Ohio - OSU, na cidade de Columbus, Estados Unidos, utilizando dois cultivares de pimentão (AF-6 e AF-7), representados respectivamente, por três e quatro lotes de sementes híbridas. A germinação e vigor dos lotes de sementes serão avaliados mediante testes de germinação, primeira contagem de germinação, velocidade de emergência, análises de imagens de plântulas pelo software SVIS, desenvolvido pela OSU e pela resposta antioxidante das sementes, determinada pela atividade das enzimas superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e peroxidase (POX), utilizado a técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida (PAGE). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, CLISSIA BARBOZA; MARCOS-FILHO, JULIO; JOURDAN, PABLO; BENNETT, MARK A. Performance of Bell Pepper Seeds in Response to Drum Priming with Addition of 24-Epibrassinolide. HORTSCIENCE, v. 50, n. 6, p. 873-878, JUN 2015. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.