Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de Lactobacillus na expressão de fatores de virulência de Candida albicans

Processo: 13/04411-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Mariella Vieira Pereira Leão
Beneficiário:Valéria Mara Cortez Alves de Oliveira
Instituição-sede: Instituto Básico de Biociências (IBB). Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Assunto(s):Candida albicans   Probióticos   Fatores de virulência   Lactobacillus

Resumo

As micoses oportunistas são causadas por fungos de baixa virulência que se tornam patogênicos quando encontram um ambiente favorável para seu desenvolvimento. Dos vários fungos oportunistas destaca-se o gênero Candida, que possui como fatores de virulência a presença de adesinas, produção de enzimas, dimorfismo, formação de biofilmes, formação de filamentos, entre outros. Tem sido observada redução nos episódios de infecções causadas por Candida com a ingestão de alimentos enriquecidos com bactérias probióticas, demonstrando que a interação entre estes microrganismos pode ter um efeito benéfico no hospedeiro. Assim, o presente trabalho objetiva estudar se a interação com Lactobacillus rhamnosus é capaz de interferir na expressão dos fatores de virulência de Candida albicans. Para isso, os micro-organismos serão cultivados em biofilme por 24, 48 e 72 horas. Depois disso, a expressão dos principais fatores de virulência serão investigados nas cepas de Candida isoladas a partir dos biofilmes. A filamentação será investigada após crescimento em soro de coelhos e observação de formação de tubos germinativos. A formação de biofilme será verificada após crescimento em placas de microtitulação por 24 horas e observação do percentual de transmitância em espectofotômetro. As produções de proteinase, fosfolipase e hemolisina serão observadas em meios adequados para produção destas enzimas e a hidrofobicidade será analisada com o auxílio de xileno. Os resultados obtidos serão comparados aos fatores de virulência expressos por cepas cultivadas em biofilmes na ausência de lactobacilos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)