Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da resposta imune celular in vitro frente a ação de fármacos anti-Leishmania (L.) infantum

Processo: 13/07275-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:André Gustavo Tempone Cardoso
Beneficiário:Thaís Alves da Costa Silva
Instituição Sede: Instituto Adolfo Lutz (IAL). Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacologia   Fármacos   Resposta imune   Leishmaniose visceral   Leishmania
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:fármacos | leishmania | Leishmaniose visceral | mecanismo de ação | resposta imune | Terapia | Protozoologia Humana

Resumo

Doenças negligenciadas causam mais de 534.000 mortes anuais, sendo prevalentes principalmente em países pobres e em desenvolvimento. As leishmanioses se encaixam neste quadro e causam aproximadamente 2.1 milhões DALYs (disability-adjusted life year), expressa como o número de anos perdidos devido a problemas de saúde, deficiência ou morte precoce. Entre as diversas formas clínicas que a doença apresenta, sendo esta dependente da espécie parasita, cepa e status imunológico do hospedeiro, a leishmaniose visceral (LV) é a forma mais severa da doença; quando não tratada torna-se fatal. O limitado arsenal terapêutico disponível no mercado para o tratamento da LV apresenta diversas limitações, como efeito hepato, nefro e cardiotóxico. Muitas vezes, a toxicidade pode estar relacionada a resposta imune induzida pelos próprios fármacos, como por exemplo, a alta produção de TNF-± gerada pela ação da anfotericina B, que apesar de sua atividade antiparasitária, pode levar à uma inflamação exacerbada. Neste contexto fármacos com ação imunomodulatória podem ser peça chave no desfecho do tratamento. Assim, na busca por novas terapias, o estudo da atividade de fármacos já disponíveis no mercado para outras enfermidades, estratégia conhecida como reposicionamento de fármacos, tem sido promissora para doenças negligenciadas. Dentro deste cenário, o objetivo deste projeto é avaliar a resposta imune celular in vitro frente à ação de fármacos sintéticos com atividade anti-Leishmania (Leishmania) infantum (dados preliminares), como a ciclobenzaprina (relaxante muscular), sertralina e amitriptilina (anti-depressivos). Assim, além dos estudos de atividade anti-Leishmania e de toxicidade em células de mamíferos, serão realizados ensaios de resposta imune celular em macrófagos previamente infectados com L. (L.) infantum, bem como co-cultivados com linfócitos esplênicos e tratados com os fármacos em estudo, a fim de se investigar por citometria de fluxo as interações das respostas Th1, Th2 e Th17 no desfecho do tratamento in vitro. O estudo da resposta imune celular de fármacos anti-Leishmania poderia contribuir na escolha e desenho de fármacos mais seletivos, direcionados para um controle efetivo da modulação da infecção por Leishmania spp.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA COSTA-SILVA, THAIS ALVES; GRECCO, SIMONE S.; DE SOUSA, FERNANDA S.; LAGO, JOAO HENRIQUE G.; MARTINS, EUDER G. A.; TERRAZAS, CESAR A.; VARIKUTI, SANJAY; OWENS, KATHERINE L.; BEVERLEY, STEPHEN M.; SATOSKAR, ABHAY R.; et al. Immunomodulatory and Antileishmanial Activity of Phenylpropanoid Dimers Isolated from Nectandra leucantha. Journal of Natural Products, v. 78, n. 4, p. 653-657, . (13/50318-7, 12/18756-1, 13/07275-5)
ROMANELLI, MAIARA MARIA; DA COSTA-SILVA, THAIS ALVES; CUNHA-JUNIOR, EDEZIO; DIAS FERREIRA, DAIANE; GUERRA, JULIANA M.; GALISTEO, JR., ANDRES JIMENEZ; PINTO, ERIKA GRACIELLE; BARBOSA, LEANDRO R. S.; TORRES-SANTOS, EDUARDO CAIO; TEMPONE, ANDRE GUSTAVO. Sertraline Delivered in Phosphatidylserine Liposomes Is Effective in an Experimental Model of Visceral Leishmaniasis. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 9, . (18/10279-6, 15/15822-1, 13/07275-5, 15/23403-9)
GRECCO, SIMONE S.; COSTA-SILVA, THAIS A.; JERZ, GEROLD; DE SOUSA, FERNANDA S.; ALVES CONSERVA, GEANNE A.; MESQUITA, JULIANA T.; GALUPPO, MARIANA K.; TEMPONE, ANDRE G.; NEVES, BRUNO J.; ANDRADE, CAROLINA H.; et al. Antitrypanosomal activity and evaluation of the mechanism of action of dehydrodieugenol isolated from Nectandra leucantha (Lauraceae) and its methylated derivative against Trypanosoma cruzi. Phytomedicine, v. 24, p. 62-67, . (15/11936-2, 13/07275-5)
DA COSTA-SILVA, THAIS ALVES; GALISTEO, JR., ANDRES JIMENEZ; LAULETTA LINDOSO, JOSE ANGELO; BARBOSA, LEANDRO R. S.; TEMPONE, ANDRE GUSTAVO. Nanoliposomal Buparvaquone Immunomodulates Leishmania infantum-Infected Macrophages and Is Highly Effective in a Murine Model. Antimicrobial Agents and Chemotherapy, v. 61, n. 4, . (15/15822-1, 15/23403-9, 13/07275-5, 13/50228-8)
MARTINS, LIGIA F.; MESQUITA, JULIANA T.; PINTO, ERIKA G.; COSTA-SILVA, THAIS A.; BORBOREMA, SAMANTA E. T.; GALISTEO JUNIOR, ANDRES J.; NEVES, BRUNO J.; ANDRADE, CAROLINA H.; AL SHUHAIB, ZAINAB; BENNETT, ELLIOT L.; et al. Analogues of Marine Guanidine Alkaloids Are in Vitro Effective against Trypanosoma cruzi and Selectively Eliminate Leishmania (L.) infantum Intracellular Amastigotes. Journal of Natural Products, v. 79, n. 9, p. 2202-2210, . (12/18756-1, 11/23703-1, 13/07275-5, 13/50228-8)
TEMPONE, ANDRE GUSTAVO; FERREIRA, DAIANE DIAS; LIMA, MARTA LOPES; COSTA SILVA, THAIS ALVES; BORBOREMA, SAMANTA E. T.; REIMAO, JULIANA QUERO; GALUPPO, MARIANA K.; GUERRA, JULIANA MARIOTTI; RUSSELL, ANGELIE J.; WYNNE, GRAHAM M.; et al. Efficacy of a series of alpha-pyrone derivatives against Leishmania (L.) infantum and Trypanosoma cruzi. EUROPEAN JOURNAL OF MEDICINAL CHEMISTRY, v. 139, p. 947-960, . (15/50075-2, 15/23403-9, 13/07275-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.