Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia protetora da imunização ativa com lipoproteínas recombinantes de Staphylococcus aureus em um modelo experimental de bacteremia

Processo: 13/10975-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Ribeiro de Souza da Cunha
Beneficiário:Eliane Patricia Lino Pereira Franchi
Supervisor no Exterior: Binh An Diep
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of California, San Francisco (UCSF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:12/00257-9 - Epidemiologia molecular e estudo de fatores de virulência de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina isolados de feridas em pacientes atendidos em unidades de saúde da cidade de Botucatu, BP.DR
Assunto(s):Staphylococcus aureus   Lipoproteínas

Resumo

Devido à disseminação de infecções causadas pelo MRSA, aumenta a necessidade de se criar uma vacina eficaz contra esse patógeno. Somente nos Estados Unidos o clone USA300 causa 80% das infecções por CA-MRSA. Em estudos preliminares realizados pelo laboratório do pesquisador Binh An Diep verificou-se que as lipoproteínas correspondem a 70% dos peptídeos encontrados na parede celular do USA300. Pouco é conhecido sobre o papel das seis mais abundantes lipoproteínas encontradas na patogênese de S. aureus, e se estas tem um bom padrão para produção de vacinas. Diante disso, este estudo tem o objetivo de determinar a eficácia protetora da imunização com lipoproteínas recombinantes em um modelo experimental de bacteremia. Para a produção de proteínas recombinantes será utilizado a clonagem e expressão de lipoproteínas, usando o vetor pTX15. Serão utilizados 7 grupos com 15 camundongos A/J cada grupo, que serão imunizados com cada uma das seis lipoproteínas recombinantes ou placebo. Amostras de sangue retro-orbital serão coletados nos dias 0,11 e 20 para medir titulação de anticorpo total contra cada tipo de proteína por ELISA. No dia 22, os camundongos receberão 5x107 UFC das cepas selvagens USA300 e SF8300. Depois os camundongos serão monitorados por sete dias e eutanasiados, será avaliado sobrevivência, contagem de bactérias, formação de abscessos e histopatologia dos rins. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LINO PEREIRA-FRANCHI, ELIANE PATRICIA; NOGUEIRA BARREIRA, MARIA RACHEL; LIMA MOREIRA DA COSTA, NATALIA DE SOUSA; MORAES RIBOLI, DANILO FLAVIO; ABRAAO, LIGIA MARIA; MARTINS, KATHERYNE BENINI; VICTORIA, CASSIANO; RIBEIRO DE SOUZA DA CUNHA, MARIA DE LOURDES. Molecular epidemiology of methicillin-resistant Staphylococcus aureus in the Brazilian primary health care system. TROPICAL MEDICINE & INTERNATIONAL HEALTH, v. 24, n. 3, p. 339-347, . (12/00257-9, 13/10975-9, 11/10146-7)
LINO PEREIRA-FRANCHI, ELIANE PATRICIA; NOGUEIRA BARREIRA, MARIA RACHEL; LIMA MOREIRA DA COSTA, NATALIA DE SOUSA; CASTELO BRANCO FORTALEZA, CARLOS MAGNO; RIBEIRO DE SOUZA DA CUNHA, MARIA DE LOURDES. Prevalence of and risk factors associated with the presence of Staphylococcus aureus in the chronic wounds of patients treated in primary health care settings in Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 50, n. 6, p. 833-838, . (11/10146-7, 13/10975-9, 12/00257-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.