Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos congêneres BDE-100 e BDE-153 de éteres difenílicos polibromados sobre a linhagem celular HepG2 e linfócitos humanos: efeitos citotóxicos, genotóxicos e mutagênicos

Processo: 12/13123-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 10 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Daniel Junqueira Dorta
Beneficiário:Lilian Cristina Pereira
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Citotoxicidade   Contaminantes emergentes   Morte celular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:citotoxicidade | contaminantes emergentes | Éteres difenílicos Polibromados | HepG2 | morte celular | Contaminantes Emergentes

Resumo

Os retardantes de chama bromados são substâncias utilizadas em grande escala nos mais variados bens de consumo da vida moderna para aumentar sua resistência ao fogo e/ou altas temperaturas como, por exemplo, em casos de incêndio reduzindo o alastramento do incêndio e interferindo na combustão do material, aumentando assim, as chances de escape e reduzindo a gravidade das queimaduras. Para este fim os Éteres Difenílicos Polibromados (PBDEs) representam a classe mais utilizada tendo em vista sua eficiência no controle da propagação da chama e baixo custo. Estes compostos se enquadram dentro dos compostos considerados como contaminantes emergentes e já se incluem entre os compostos denominados Poluentes Orgânicos Prioritários (POPs) por serem considerados persistentes, bioacumuláveis, serem transportados para longas distâncias e apresentarem toxicidade. Há relatos na literatura sobre a capacidade destes compostos, de maneira geral, em agirem como desreguladores endócrinos, entretanto os mecanismos de ação tóxica ainda não foram bem estabelecidos. Desta forma, o presente projeto pretende fornecer dados a comunidade científica sobre os efeitos danosos dos PBDEs empregando os ensaios citotóxicos, genotóxicos e mutagênicos em linhagens celulares de Hepatoblastoma Humano (HepG2) e em linfócitos humanos a fim de elucidar o mecanismo da hepatotoxicidade induzida PBDE-100 e -153, exemplos de congêneres de baixo peso molecular (penta e hexa-BDE), os quais são considerados os mais importantes do ponto de vista toxicológico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, LILIAN C.; SOUZA, ALECSANDRA O.; TASSO, MARIA J.; OLIVEIRA, ALANA M. C.; DUARTE, FILIPE V.; PALMEIRA, CARLOS M.; DORTA, DANIEL J.. Exposure to decabromodiphenyl ether (BDE-209) produces mitochondrial dysfunction in rat liver and cell death. JOURNAL OF TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL HEALTH-PART A-CURRENT ISSUES, v. 80, n. 19-21, SI, p. 1129-1144, . (12/13123-0, 09/06912-6, 10/02661-6)
PEREIRA, LILIAN C.; SOUZA, ALECSANDRA O.; TASSO, MARIA J.; OLIVEIRA, ALANA M. C.; DUARTE, FILIPE V.; PALMEIRA, CARLOS M.; DORTA, DANIEL J.. Exposure to decabromodiphenyl ether (BDE-209) produces mitochondrial dysfunction in rat liver and cell death. JOURNAL OF TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL HEALTH-PART A-CURRENT ISSUES, v. 80, n. 19-21, p. 16-pg., . (12/13123-0, 09/06912-6, 10/02661-6)
PEREIRA, L. C.; DUARTE, F. V.; VARELA, A. T. I. F.; ROLO, A. P.; PALMEIRA, C. M. M.; DORTA, D. J.. Autophagic process is activated in BDE-153-induced toxicity. Toxicology Letters, v. 259, p. 1-pg., . (12/13123-0)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Lilian Cristina. Avaliação dos congêneres BDE-100 e BDE-153 de éteres difenílicos polibromados sobre a linhagem celular HepG2 e linfócitos humanos: efeitos citotóxicos, genotóxicos e mutagênicos. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (PCARP/BC) Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.