Busca avançada
Ano de início
Entree

Modificações no desenvolvimento radicular da cana-de-açúcar (cana-planta) e nos atributos físicos, químicos e biológicos do solo em três sistemas de preparo.

Processo: 12/24700-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Sonia Carmela Falci Dechen
Beneficiário:Sandro Manuel Carmelino Hurtado
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Preparo do solo   Conservação do solo   Manejo do solo

Resumo

Os sistemas de preparo do solo estão intimamente vinculados a mudanças em seus atributos físicos, químicos e biológicos, relacionados, diretamente, com a drenagem, infiltração, mineralização e erosão. O preparo inadequado do solo pode, assim, comprometer a densidade, a estrutura e a agregação do solo, a absorção de nutrientes e o crescimento do sistema radicular. O conhecimento das alterações nos atributos do solo e seu impacto no crescimento e desenvolvimento das plantas apresenta capital importância. O objetivo deste projeto de pesquisa é avaliar o impacto da adoção de sistemas de preparo do solo para a cultura da cana-de-açúcar nos atributos físicos, químicos e biológicos do solo e no crescimento radicular e produtividade da cultura. A expansão da cultura de cana-de-açúcar para áreas ocupadas por pastagens tem trazido preocupações em virtude de terem sido implantadas, em sua grande maioria, em solos frágeis como os Argissolos do Oeste e Noroeste do Estado de São Paulo. O estudo será desenvolvido nos municípios de Pindorama e de Guaíra, no Estado de São Paulo. Serão instaladas parcelas experimentais tendo como tratamentos os sistemas de preparo de solo convencional, direto e reduzido. Serão determinados no solo: a textura, umidade, a curva característica de retenção da água, a densidade e porosidade, a agregação, a resistência à penetração, a condutividade hidráulica, a erosão hídrica, a fertilidade, o estoque de carbono e nitrogênio e o quociente de CO2. Na planta serão avaliados o crescimento e desenvolvimento radicular e a produtividade da cana-de-açúcar. O projeto será desenvolvido tendo como período estimado o tempo de dois anos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)