Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do potencial oxidativo do tecido adiposo branco e do músculo esquelético para a prevenção do diabetes tipo 2 através do treinamento físico

Processo: 13/00790-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Paulo Rizzo Ramires
Beneficiário:Talita Sayuri Higa
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mitocôndrias   Dieta de cafeteria   Treinamento físico   Fisiologia do exercício

Resumo

Evidências na literatura demonstraram que prejuízos na capacidade oxidativa de tecidos metabolicamente ativos favorecem o acúmulo de triglicerídeos e o aumento da adiposidade corporal, contribuindo diretamente para o desenvolvimento e progressão do diabetes tipo 2. Em função do papel exercido pelas mitocôndrias sobre a metabolização dos nutrientes, danos morfológicos e funcionais das mitocôndrias são apontados como responsáveis por esse processo. Devido ao crescente número de diabéticos e das doenças associadas, a prevenção e o tratamento do diabetes tipo 2 são primordiais. Nesse contexto, o treinamento físico tem sido amplamente utilizado em função das diversas adaptações metabólicas que favorecem diretamente a oxidação de lipídios como fonte de energia, e contribuem para a redução da adiposidade corporal e melhora da sensibilidade à insulina. O efeito terapêutico do treinamento físico está claro na literatura, porém, os mecanismos envolvidos na prevenção do diabetes tipo 2 não estão totalmente desvendados. Embora os dados prévios obtidos pelo nosso grupo e outros tenham demonstrado que a ativação da AMPK no (tecido adiposo branco)TAB e no músculo esquelético resultaram em melhora na capacidade oxidativa associada à prevenção do diabetes tipo 2, uma lacuna de conhecimento ainda existe sobre a participação mitocondrial nesse processo. Sendo assim, o presente estudo pretende investigar a contribuição relativa da dinâmica mitocondrial no TAB e no músculo esquelético para a prevenção do diabetes tipo 2 através do treinamento físico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)