Busca avançada
Ano de início
Entree

Textos dramáticos e escritas cênicas em Gordon Craig

Processo: 13/03826-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Luiz Fernando Ramos
Beneficiário:Luiz Fernando Ramos
Anfitrião: Claire Hudson
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Victoria and Albert Museum (V&A), Inglaterra  
Assunto(s):História do teatro   Drama   Memórias

Resumo

O projeto implica numa pesquisa de campo em algumas coleções, sediadas em arquivos europeus, de documentos, textos dramáticos e ensaísticos, desenhos, gravuras e fotos de espetáculos encenados ou projetados por Edward Gordon Craig (1872-1966) entre 1900 e 1930, período em que o artista exerceu forte militância intelectual e artística nos círculos cultos da Europa. Essa incursão pontual em quatro arquivos, sediados dois na França e dois na Inglaterra, em um período de 90 dias a partir de agosto de 2013, se insere em um projeto maior de tradução de textos de Craig para o português, e de edição de um livro. Neste o material traduzido será apresentado por um ensaio focando a genealogia filosófica das ideias estéticas de Craig, e estabelecendo um diálogo entre seu legado conceitual e as teorias contemporâneas da arte e do espetáculo. A coleta do material visa também irrigar um projeto ainda embrionário, em parceria com o professor Hugh Denard do Laboratório de Visualização do King's College de Londres, no sentido de reconstituir com a tecnologia disponível de realidade virtual, algumas encenações de Gordon Craig no início do século, entre as quais as realizadas em Londres entre 1900 e 1904, e a produzida por W.B.Yeats em 1911, no mítico Abbey Theatre de Dublin, a partir da utilização de desenhos, croquis, plantas e fotos disponíveis nesses arquivos. Os dois principais arquivos a serem consultados nessa incursão seriam, na França, o setor de coleções e manuscritos raros da Biblioteca Nacional da França, distribuídos, em Paris, pelo arquivo de Artes e Espetáculos da BNF-Richelieu, pela Biblioteca da l'Opera e pela biblioteca do Arsenal, e o arquivo do Instituto Internacional da Marionette, em Charleville-Mérzière. Na Inglaterra, trata-se do arquivo do Departamento de Teatro e Performance do Victoria & Albert Museum, sediado na Blythe Road, em Kessington Olympia, Londres. É ali que, residem as perspectivas mais promissoras desa viagem, já que sua curadora, Claire Hudson, ciente de nossos interesses, nos ofereceu a oportunidade e a honra de fazer uma primeira triagem na maior coleção de documentos sobre Craig do Reino Unido, a "Coleção Arnold Rood", recentemente doada àquele museu. Essa concessão especial, deve-se ao fato de eu ter, há vinte anos, quando estive em Londres, entre 1993 e 1995, com bolsa Capes, desenvolvendo o doutorado, pesquisado sistematicamente naquele arquivo. Na ocasião descobrimos importante material relativo à dramaturgia produzida por Gordon Craig durante a primeira guerra mundial, por ele denominada de "Drama for Fools" e só recentemente vinda a público. Subsidiariamente serão visitados outros dois arquivos. O do Instituto Internacional da Marionette em Charleville-Mézières, próximo de Paris, e o do Eton College, próximo de Londres. Nos dois casos, o interesse dominante será sobre as cópias do manuscrito datilografado do "Drama for Fools", já que a edição bilíngue realizada por aquele instituto sediado na França, foi feita a partir das versões existentes nesses dois arquivos, e não menciona a cópia que examinamos do Victoria & Albert Museum. Torna-se crucial, pois, para o estabelecimento seguro do texto, e visando a sua tradução para o português, cotejar estas distintas cópias e fontes, bem como a busca de novos conteúdos que tenham escapado desta recente edição dos textos. A existência de um outro manuscrito datilografado na biblioteca do Eton College, na Inglaterra, obriga o tradutor a novo cotejamento, com a hipótese inicial de que se trate de uma cópia gerada pelo mesmo autor da que está no arquivo do V&A Museum. De todo o modo o exame destes documentos revela-se como imprescindível ao projeto de tradução e edição destes textos dramáticos de Craig. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)