Busca avançada
Ano de início
Entree

Plantas de cobertura e doses de nitrogênio associadas à inoculação com Azospirillum brasilense no cultivo do milho na região de cerrado

Processo: 12/22501-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Orivaldo Arf
Beneficiário:José Roberto Portugal
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Manejo e tratos culturais   Plantas de cobertura   Nitrogênio   Inoculação   Milho   Zea mays   Azospirillum brasilense
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:inoculação | Nitrogênio | plantas de cobertura | Zea mays L | Manejo e tratos culturais

Resumo

A cultura do milho é uma das mais importantes em âmbito mundial, além da alimentação humana, é à base da alimentação animal. Técnicas de manejo na cultura do milho são necessários visando aumento de produtividade, minimizando custos e impactos ambientais. O objetivo deste trabalho será avaliar diferentes coberturas vegetais (milheto, crotalária, guandu, milheto + crotalária, milheto + guandu e pousio), doses de N (0, 40, 80 e 120 kg ha-1) com e sem a inoculação de sementes com Azospirillum brasilense na cultura do milho cultivado em sistema plantio direto no crescimento e produtividade na região do cerrado. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados em esquema fatorial 6x4x2, constituindo 48 tratamentos, com 4 repetições. O estudo será realizado em área experimental da Fazenda de Ensino e Pesquisa pertencente à Faculdade de Engenharia - UNESP - Campus de Ilha Solteira, localizada no município de Selvíria - MS. O solo do local é do tipo LATOSSOLO VERMELHO Distrófico típico argiloso. A precipitação média anual é de 1370 mm, a temperatura média anual é de 23,5º C e a umidade relativa do ar entre 70 e 80% (média anual). Durante a condução do experimento serão realizadas as seguintes avaliações: matéria seca e teores de N, P e K total acumulado nas plantas de cobertura, população inicial e final de plantas, produção de matéria seca da parte aérea das plantas, teores de N, P e K na planta inteira, altura de plantas, altura de inserção de espiga, diâmetro de colmo, comprimento de espiga, diâmetro de espiga, massa de mil grãos e produtividade de grãos da cultura do milho. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JOSÉ ROBERTO PORTUGAL; ORIVALDO ARF; AMANDA RIBEIRO PERES; DOUGLAS DE CASTILHO GITTI; NAYARA FERNANDA SIVIERO GARCIA. Coberturas vegetais, doses de nitrogênio e inoculação com Azospirillum brasilense em milho no Cerrado. Rev. Ciênc. Agron., v. 48, n. 4, p. 639-649, . (12/22501-9)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PORTUGAL, José Roberto. Coberturas vegetais e doses de nitrogênio, associadas à inoculação com Azospirillum brasilense, no cultivo do milho na região de Cerrado. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Engenharia. Ilha Solteira Ilha Solteira.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.