Busca avançada
Ano de início
Entree

Fixação biológica e assimilação de nitrogênio pelo fitoplâncton em reservatórios subtropicais com diferentes graus de trofia

Processo: 12/21254-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Pesquisador responsável:Maria do Carmo Calijuri
Beneficiário:Davi Gasparini Fernandes Cunha
Instituição Sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Eutrofização   Qualidade da água   Nitrogênio   Fitoplâncton
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Eutrofização | Fitoplâncton | Gerenciamento dos recursos hídricos | Nitrogênio | Reservatórios subtropicais | Qualidade da água

Resumo

A eutrofização artificial de reservatórios afeta os serviços ecossistêmicos e pode propiciar a proliferação de cianobactérias, algumas das quais apresentam riscos aos usos da água. Aliada a outros fatores, a disponibilidade de nutrientes regula o desenvolvimento fitoplanctônico. A fixação biológica do nitrogênio, habilidade especial de determinadas cianobactérias, compreende a conversão do nitrogênio atmosférico (N2) a amônio, que é incorporado a aminoácidos imprescindíveis para o metabolismo celular. No entanto, a fixação é um processo energeticamente dispendioso, o que torna a assimilação direta de formas nitrogenadas dissolvidas preferível pelo fitoplâncton. Esta pesquisa investigará a fixação do N2 e a assimilação de nitrogênio em três reservatórios com diferentes graus de trofia no estado de São Paulo. Ao nosso conhecimento, esse será um dos primeiros estudos a analisar essas etapas do ciclo do nitrogênio em ambientes subtropicais. Os reservatórios serão amostrados nas quatro estações do ano. Além de variáveis bióticas e abióticas da água, incluindo a avaliação qualitativa (espécies e grupos funcionais) e quantitativa (densidade e biovolume) do fitoplâncton, a fixação de nitrogênio será medida in situ por meio de um método indireto (redução do acetileno) e outro direto (isotopo 15N2). A assimilação de nitrato, amônio e ureia será estimada por meio de incubações em laboratório com traçador 15N. Serão testadas hipóteses relativas a fatores temporais e ao estado trófico dos reservatórios. Análises estatísticas contribuirão para a interpretação dos dados. O cronograma para 24 meses, que inclui estágio no exterior, permitirá o pleno cumprimento dos objetivos. Serão apresentados subsídios para o gerenciamento adequado dos reservatórios, com vistas à sustentabilidade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DO AMARAL MARQUES, LUIS OTIVIO; TAFFARELLO, DENISE; CALIJURI, MARIA DO CARMO; MENDIONDO, EDUARDO MARIO; FERREIRA, MURILO DE SOUZA; FERNANDES CUNHA, DAVI GASPARINI. Phosphorus and thermotolerant coliforms' loads in Brazilian watersheds with limited data: considerations on the integrated analysis of water quality and quantity. RBRH-REVISTA BRASILEIRA DE RECURSOS HIDRICOS, v. 24, . (12/22013-4, 12/21254-8, 13/19465-3)
LUIS OTÁVIO DO AMARAL MARQUES; DENISE TAFFARELLO; MARIA DO CARMO CALIJURI; EDUARDO MARIO MENDIONDO; MURILO DE SOUZA FERREIRA; DAVI GASPARINI FERNANDES CUNHA. Cargas de fósforo e coliformes termotolerantes em bacias brasileiras com dados escassos: considerações sobre análises integradas de qualidade e quantidade de água. RBRH, v. 24, . (13/19465-3, 12/21254-8, 12/22013-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.