Busca avançada
Ano de início
Entree

Adolescência e condutas anti-sociais: processos de desenvolvimento em situações não convencionais

Processo: 12/22287-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Renata Maria Coimbra Libório
Beneficiário:Alex Sandro Gomes Pessoa
Supervisor no Exterior: Dorothy Bottrell
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Sydney, Austrália  
Vinculado à bolsa:12/07418-8 - Adolescência e condutas antissociais: processos de desenvolvimento em situações não convencionais, BP.DR
Assunto(s):Adolescência

Resumo

A proposta desse trabalho é compreender como comportamentos considerados anti-sociais podem se configurar como indicadores de proteção, reconhecimento e positividade pessoal em adolescentes. Esse estudo é de natureza qualitativa, no qual participarão 12 sujeitos, entre 12 e 18 anos, de ambos os sexos, que freqüentam regularmente três instituições da cidade de Presidente Prudente (SP) e que constantemente são apontados pelos profissionais que trabalham nas instituições como exemplos de adolescentes com condutas anti-sociais. Em um primeiro momento, entraremos em contato com as instituições (Escola Estadual, Projeto Alerta e CREAS) para sabermos da possibilidade da realização desse estudo. Em seguida, os profissionais que trabalham diretamente com os adolescentes deverão apontar àqueles que manifestam comportamentos e ações que não são condizentes as normativas sociais ou da instituição (problemas com indisciplina, envolvimento no tráfico de drogas e valorização da prática da exploração sexual). Posteriormente a essa seleção, faremos o contato com o adolescente para sabermos se há interesse e disponibilidade em participar da pesquisa. O adolescente e o responsável legal deverão assinar o TCLE indicando a aceitação. Aos adolescentes será entregue uma câmera fotográfica descartável e será solicitado que fotografem pessoas, lugares e instituições que são significativas em suas vidas. Em seguida, revelaremos o álbum e faremos uma entrevista semi-estruturada com base nas fotografias tiradas. Utilizaremos a técnica de Concordância entre Juízes para a construção das categorias e as entrevistas serão analisadas por meio do software Ethnograph. Pretendemos com esse trabalho contribuir no desenvolvimento de ações voltadas a populações onde se perpetuam condutas tidas como anti-sociais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)