Busca avançada
Ano de início
Entree

Subsídios geomorfológicos para a avaliação da sensibilidade ambiental ao óleo: o caso do baixo curso do rio Tietê (SP)

Processo: 12/18022-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Cenira Maria Lupinacci
Beneficiário:Ramon Lucato de Aguilar
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Conflitos ambientais   Navegação fluvial   Mapa geomorfológico   Análise de imagens   Rio Tietê

Resumo

Partindo-se da necessidade de maior abrangência em mapeamentos geomorfológicos da dinâmica fluvial para o levantamento da sensibilidade ambiental a derramamentos de óleo, esta pesquisa, valendo-se de técnicas tradicionais de mapeamento geomorfológico, propõe-se a adaptá-las para a criação de um mapeamento geomorfológico o qual possa colaborar com a avaliação da sensibilidade ambiental da dinâmica fluvial. Para isso, será necessário identificar e mapear as feições geomorfológicas a fim de se avaliar o significado destas em termos de sua sensibilidade. A área selecionada para o mapeamento é um segmento do baixo curso do rio Tietê, compreendido entre o núcleo urbano de Anhembi (SP) e a confluência com o rio Piracicaba. Desta forma, esta abordagem insere-se em um projeto mais amplo de verificação do índice de sensibilidade ambiental ao derrame de óleo, o qual utilizará os dados das feições geomorfológicas que serão extraídas a partir da análise de imagens orbitais obtidas pelo sensor HRG-SPOT 05, partindo-se de uma escala oscilando de zero (baixa sensibilidade) a dez (elevada sensibilidade).(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)