Busca avançada
Ano de início
Entree

Revisitando a economia e a demografia da escravidão na Amazônia oitocentista: um estudo sobre a posse de cativos e a família escrava no Grão-Pará (1801-1888)

Processo: 12/21188-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Demografia - Demografia Histórica
Pesquisador responsável:José Flávio Motta
Beneficiário:Daniel Souza Barroso
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Século XIX

Resumo

Este projeto de pesquisa tem como objetivo o estudo do escravismo no Grão-Pará, ao longo do século 19, por meio de uma análise serial de dois dos elementos basilares da economia e da demografia da escravidão - a estrutura da posse de cativos e a família escrava. O foco da pesquisa incide na dinâmica populacional e na estrutura de posse, assim como nos mecanismos de reprodução e na estabilidade possível da família escrava em três regiões da província que experimentaram, cada uma delas, evolveres demo-econômicos particulares: a zona Guajarina, que abrangia a capital, Belém, e suas circunvizinhanças; o Baixo Tocantins e a Ilha de Marajó. O projeto é lastreado num tipo de fonte principal (inventários post-mortem) e em um conjunto de fontes auxiliares (registros paroquiais; testamentos; escrituras públicas de compra e venda; listas de matrícula; processos criminais e cíveis diversos; recenseamentos, relatórios da administração provincial, relatos de viajantes etc.).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)