Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da diversidade funcional de detritos sobre a estrutura de redes tróficas e o funcionamento de ecossistemas de fitotelmatas

Processo: 12/20249-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Gustavo Quevedo Romero
Beneficiário:Gustavo Henrique Migliorini
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ecossistemas   Rede trófica   Atributos funcionais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:atributos funcionais | detritos | Ecossistemas | funcionamento | Interações tróficas

Resumo

Detritos de matéria orgânica (e.g. folhas mortas) representam a base da produção primária em muitos ecossistemas. Os atributos funcionais dos detritos podem alterar o ambiente e influenciar a composição e a diversidade da comunidade associada, bem como as interações tróficas. Investigaremos se a diversidade de detritos afeta a colonização por artrópodes e outros invertebrados, desenvolvimento de insetos detritívoros e o processamento de detritos em fitotelmata da bromélia Quesnelia arvensis. Tentaremos responder as seguintes questões: (1) bromélias que recebem maior diversidade de detritos suportam maior diversidade de artrópodes colonizadores? (2) bromélias que recebem maior diversidade de detritos favorecem o desenvolvimento dos detritívoros? (3) bromélias que recebem maior diversidade de detritos apresentam processamento mais rápido dos detritos pelos detritívoros? Nossas predições são: (1) bromélias que recebem maior diversidade de detritos apresentam maior riqueza e abundância de espécies, pois mais espécies podem explorar os recursos variados disponíveis; (2) maior diversidade de detritos favorece desenvolvimento mais rápido dos insetos detritívoros, já que a variedade de recursos é maior; (3) menor será o tempo de processamento dos detritos quando a diversidade destes for maior, pois maior será a chance de que haja atributos positivos ao início do processamento pelos detritívoros. Realizaremos dois experimentos, (i) um experimento relativo a colonização de artrópodes em tanques de bromélias e (ii) um sobre desenvolvimento dos insetos detritívoros e processamento de detritos em tubos contendo insetos detritívoros de diferentes grupos taxonômicos. O presente trabalho contribuirá para que se entenda como comunidades e suas interações são influenciadas pela entrada de recursos alóctones provenientes de outros ambientes, bem como o papel da diversidade dos detritos no funcionamento destes ecossistemas de bromélias.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIGLIORINI, GUSTAVO H.; SRIVASTAVA, DIANE S.; ROMERO, GUSTAVO Q.. Leaf litter traits drive community structure and functioning in a natural aquatic microcosm. Freshwater Biology, v. 63, n. 4, p. 341-352, . (16/01209-9, 12/51143-3, 12/20249-0)
MIGLIORINI, GUSTAVO H.; SRIVASTAVA, DIANE S.; ROMERO, GUSTAVO Q.. Leaf litter traits drive community structure and functioning in a natural aquatic microcosm. FRESHWATER BIOLOGY, v. 63, n. 4, p. 12-pg., . (12/51143-3, 16/01209-9, 12/20249-0)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MIGLIORINI, Gustavo Henrique. Efeitos da diversidade funcional de detritos sobre a estrutura de comunidades e o funcionamento de ecossistemas de fitotelmatas. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.