Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da participação da eNOS fosforilada em resíduos de serina 1177 e treonina 495 na hiporeatividade da aorta à fenilefrina observada ao final da prenhez em ratas normotensas e espontaneamente hipertensas (SHR)

Processo: 12/05746-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Cristina Antoniali Silva
Beneficiário:Dalise Zancheta
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Reatividade cardiovascular   Fenilefrina

Resumo

Ratas prenhas normotensas ou hipertensas (SHR) apresentam uma diminuição significativa da pressão arterial nos períodos finais da prenhez, associada à redução da atividade simpática perivascular de leitos mesentéricos e redução de respostas vasoconstriotras à estimulação por alguns agonistas vasoconstritores. Estas alterações têm sido atribuídas ao maior da modulação do óxido nítrico (NO) sobre a reatividade vascular devido a maior atividade da sintase de óxido nítrico (NOS) endotelial. A fosforilação da eNOS depende da atividade da via PI3-K/Akt a qual fosforila a enzima em resíduos de serina e treonina. A expressão da NOS fosforilada está aumentada em aorta de ratas prenhas. No entanto, a participação da NOS fosforilada na hiporeatividade de aortas de ratas prenhas à fenilefrina ainda não foi determinada. O objetivo deste estudo será avaliar a participação da eNOS fosforilada em resíduos de serina 1177 e treonina 495 na hiporeatividade da aorta à fenilefrina (Phe) observada ao final da prenhez de ratas normotensas e espontaneamente hipertensas (SHR). Para isto avaliaremos o efeito do wortmannin (inibidor da PI3K-AKT) sobre a vasoconstrição de aortas de ratas prenhas, e em estro, à estimulação com Phe. Avaliaremos também o efeito do wortmannin sobre a reatividade de aortas a Ach e ao NPS. Nossa hipotese é que o wortmannin reverta a hiporeatividade de aortas de ratas prenhas à Phe e não altere a reatividade destas aortas a Ach e NPS. Posteriormente, as aortas utilizadas nos experimentos funcionais serão processadas para avaliarmos a expressão (por western blot) da NOS fosforilada em resíduos de serina 1177 e treonina 495. Nossa hipótese é que a contração de aortas de ratas prenhas à Phe aumente a fosforilação da NOSe em resíduos de serina 1177, mas não altere a fosforilação em resíduos de treonina 495. Possivelmente, diferenças serão encontradas entre aortas de ratas prenhas normotensas e hipertensas (SHR). Palavras chaves: gravidez, NOSe, reatividade vascular, serina 1177, treonina 495, wortmannin.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZANCHETA, DALISE; TROIANO, JESSICA A.; POTJE, SIMONE R.; CAVALARI, PRISCILA; SUMIDA, DORIS H.; ANTONIALI, CRISTINA. The PI3K-Akt-eNOS pathway is involved in aortic hyporeactivity to Phenylephrine associated with late pregnancy in spontaneously hypertensive rats. Life Sciences, v. 122, p. 78-86, . (12/20398-6, 12/05746-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.