Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do peso corporal na resposta vestibular evocada por estímulo rotacional em cadeira rotatória computadorizada

Processo: 12/19489-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Jeanne da Rosa Oiticica Ramalho
Beneficiário:Luiz Felipe Moreira Bittar
Instituição Sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Otorrinolaringologia   Reflexo vestíbulo-ocular   Vertigem   Peso corporal   Metodologias de avaliação de danos   Estudo comparativo
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cadeira Rotatória | Nistagmografia | vertigem | Otorrinolaringologia

Resumo

O Reflexo Vestíbulo-Ocular (RVO) é o reflexo de origem vestibular mais utilizado para diagnóstico e acompanhamento das doenças labirínticas que resultam em desequilíbrio corporal. Um dos métodos de avaliação mais utilizados para medida e acompanhamento clínico do RVO é o estímulo pendular em cadeira rotatória computadorizada. O estímulo gerado pela rotação da cadeira desencadeia respostas nos canais semicirculares, cujas propriedades fisiológicas seguem o modelo do pendulo. O deslocamento do sistema cúpulo-endolinfático durante as rotações de cabeça é proporcional à velocidade da cabeça e não à aceleração. Segundo a premissa, podemos inferir que a variação de peso (sistema externo ao complexo cúpulo-endolinfático) não influencia a resposta vestibular na Prova Sinusoidal Harmônica (PSH) em cadeira rotatória computadorizada para um mesmo indivíduo - quando estimulado pela mesma frequência de rotação e velocidade máxima da cadeira. O objetivo deste projeto de iniciação científica é montar um método de avaliação e comparação das respostas vestibulares evocadas por estímulo do tipo PSH para um mesmo indivíduo, variando o seu peso. A finalidade é verificar se a diferença de peso do indivíduo induz ou não à variação de resposta vestibular para mesmas frequências de rotação e mesmas velocidades finais.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)