Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de um protocolo de tratamento fisioterapêutico com enfoque nos músculos do quadril, abdomên e tronco em sujeitos com Osteoartrite de joelho

Processo: 12/18497-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Stela Márcia Mattiello
Beneficiário:Paulo Silva Pedrazzani
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Osteoartrite do joelho   Músculos   Quadril   Sistema musculoesquelético   Western blotting   Análise funcional   Inquéritos e questionários
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Estabilização lombo-pélvica | fisioterapia | Osteoartrite de joelho | traumatologia e ortopedia

Resumo

A Osteoartrite (OA) é uma das doenças mais comuns do sistema músculo-esquelético e pode ser definida como uma condição degenerativa e inflamatória que afeta as articulações sinoviais. Indivíduos com OA de joelho apresentam uma diminuição da força muscular flexora e extensora podendo comprometer o indivíduo na realização de suas atividades diárias. Além disso, indivíduos com OA de joelho podem apresentar fraqueza dos músculos abdutores do quadril o que poderia levar a um aumento do momento adutor externo no joelho, podendo resultar em aumento da compressão no compartimento medial do joelho, contribuindo para a progressão da doença. Assim, um programa de fisioterapia com enfoque não só nos músculos flexores e extensores do joelho, mas também nos abdutores do quadril, nessa população, parece relevante. Dessa forma o objetivo desse estudo será verificar o efeito de um programa de fisioterapia com enfoque nos músculos do quadril, abdômen e tronco, em sujeitos com OA de joelho. Participarão desse estudo 10 indivíduos sadios, que não realizam atividade física regularmente, compondo o grupo controle (GC) e 10 indivíduos, com graus iniciais de OA de joelho, compondo o grupo osteoartrite (GOA), sendo que o GOA será submetido a um protocolo de tratamento funcional (8 semanas). Previamente ao início do tratamento todos os indivíduos serão submetidos a uma avaliação isocinética (Biodex Multi-Joint System 3), concêntrica e excêntrica, dos extensores/flexores do joelho e adutores/abdutores do quadril, nas velocidades de 60º/s e 120º/s. Será avaliado o parâmetro trabalho total para flexão e extensão de joelho e adução e abdução de quadril, e a relação antagonista/agonista: isquiotibiais/quadríceps e adutores/abdutores. Além disso, esses indivíduos deverão responder o questionário específico para OA de membros inferiores, WOMAC (Western Ontario Mcmaster Universities Osteoarthritis Index), o qual quantifica dor, funcionalidade e rigidez. Testes estatísticos adequados serão utilizados para comparações intergrupos e para verificar o efeito do protocolo de tratamento no GOA. O nível de significância considerado será de 5% (alfa<0.05).(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)