Busca avançada
Ano de início
Entree

De espinhos e Aguilhões: segregação e lei de terras na obra de sol Plaatje, 1902-1930

Processo: 12/21160-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 25 de março de 2013
Vigência (Término): 24 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Omar Ribeiro Thomaz
Beneficiário:Raquel Gryszczenko Alves Gomes
Supervisor no Exterior: José C. Curto
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: York University, Canadá  
Vinculado à bolsa:10/09779-2 - De espinhos e aguilhões: segregação e lei de terras na obra de Sol Plaatje, 1902-1930, BP.DR
Assunto(s):Imprensa   Literatura   Segregação racial

Resumo

A partir da análise da obra de Sol Plaatje, literato, jornalista e político sul-africano, pretende-se explorar os impactos de uma legislação que, a partir de 1902, preocupa-se cada vez mais em controlar a inserção do nativo no cenário político-social da União Sul Africana, intensificando o caráter segregacionista daquele Estado. Neste sentido, além das obras literárias e jornalísticas de Plaatje, nossa análise contemplará também documentos oficiais do período, com especial destaque para relatórios produzidos por comissões instituídas com a intenção de estudar meios para cercear a relação do nativo com o Estado nacional surgido em 1910. O objetivo da presente pesquisa é o de inserir o autor nos círculos de debate e organização de resistência ao crescente aumento da opressão política e social, explorando fontes até então trabalhadas de modo incipiente, especialmente na relação que estabelecem entre si - imprensa, literatura e fontes oficiais. Centramos nosso foco analítico nos debates envolvendo a elaboração, aprovação e os impactos do Native's Land Act de 1913 - lei que, apesar de somar quase cem anos, permanece como uma silenciosa tensão na historiografia sul-africana. Além disso, torna-se nosso propósito também apreender a articulação de uma "rede intelectual transatlântica" entre África do Sul, Estados Unidos e Canadá, discutindo as influências das teorias de Marcus Garvey e W. E. B Du Bois na produção literária e política de Sol Plaatje e também na política de resistência dos nativos sul-africanos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)