Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da biocompatibilidade de pastas experimentais de hidróxido de cálcio e aloe vera em tecido subcutâneo de rato

Processo: 12/15922-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Graziela Garrido Mori Panucci
Beneficiário:Larissa Menegucci Jacomini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia Dr Mario Leite Braga. Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Inflamação   Medicação intracanal   Reabsorção radicular   Hidróxido de cálcio   Aloe   Teste de biocompatibilidade   Microscópio óptico

Resumo

O hidróxido de cálcio é a medicação intracanal mais utilizada na Endodontia devido as suas seguintes propriedades: inibição da reabsorção radicular, propriedade antimicrobiana e indução de deposição de tecido mineralizado. Este pode ser associado a vários veículos para formar uma pasta e facilitar o seu uso. O Aloe vera apresenta capacidade anti-inflamatória e poder de reparo. Assim, este trabalho visa estudar a biocompatibilidade de duas pastas experimentais a base de hidróxido de cálcio e aloe vera em tecido subcutâneo de ratos. Para isso, serão utilizados 15 ratos machos, com peso corporal entre 180-200g. As regiões dorsais dos animais receberão duas incisões e lateralmente a estas, o tecido cutâneo será divulsionado para a introdução de quatro tubos de polietileno, no tecido subcutâneo, de cada rato. Desses tubos, dois estarão preenchidos com as pastas experimentais, um com óxido de zinco e eugenol (controle positivo) e outro tubo, estará vazio (controle negativo). Após 7, 14 e 30 dias das cirurgias, os animais serão mortos e as peças obtidas serão processadas em laboratório histotécnico. Os cortes histológicos obtidos serão corados com hematoxilina e eosina e analisados em microscópio de transmissão de luz. Além da análise descritiva dos resultados, escores serão estabelecidos de acordo com o processo inflamatório e comparados estatisticamente através do teste de Kruskal-Wallis (p<0,05). Espera-se determinar a biocompatibilidade ou não do material em relação aos tecidos.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)