Busca avançada
Ano de início
Entree

O conceito de ideia em Kant: raiz da relação entre ideia, representação e ideal em Schelling

Processo: 12/18155-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Márcio Suzuki
Beneficiário:Marília Batista Cota Pacheco
Supervisor no Exterior: Hugo Renato Ochoa Disselkoen
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Bavarian Academy of Sciences and Humanities (BAdW), Alemanha  
Vinculado à bolsa:11/18458-8 - O conceito de idéia em Kant: raiz da relação entre idéia, representação e ideal em Schelling, BP.PD
Assunto(s):Estética (filosofia)   Kantismo

Resumo

Nos primeiros seis meses de nosso pós-doutorado, conseguimos um avanço significativo quanto à apresentação da noção de Ideia em Kant através de um análogo de esquema em Schelling como a produção de uma faculdade a priori, própria da alma. Para tanto, levamos em conta que a teoria kantiana do sujeito só encontra a sua unidade num ponto de fuga, a Antropologia. A partir de tal consideração, nos deparamos com a seguinte questão: na medida em que a Ideia da razão, em Kant, não é passível de ser exibida por um esquema e, tampouco, através de uma comparação entre sistema e organismo, como pensar a ideia de uma identidade de análogo de um esquema, válida no interior do pensamento de ambos autores? Ao nosso ver, tal identidade é viável através da Antropologia pragmática enquanto análogo de um esquema do ideal da razão. Nossa hipótese será verificada através da elucidação dos seguintes pontos: 1) a função dos conceitos kantianos de Gemüt, Seele e Geist atrelados à Antropologia, enquanto análogo de um esquema. 2) a possibilidade de um vínculo essencial entre uma fundamentação puramente transcendental da Naturphilosophie em Schelling, e a noção kantiana de esquema técnico-arquitetônico. 3) a partir dos resultados obtidos, verificaremos a seguinte hipótese de nossa investigação: a possibilidade de a noção de Ideia em Kant ser exibida pelo viés da noção de movimento do ensaio do "Timeu". (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)