Busca avançada
Ano de início
Entree

Reconhecimento molecular entre Trypanosoma cruzi e células endoteliais: estudos por phage display

Processo: 12/13967-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ricardo Jose Giordano
Beneficiário:André Azevedo Reis Teixeira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/54806-8 - Identificação de novos marcadores moleculares da retina angiogênica e desenho racional de novos agentes terapêuticos para doenças oculares com um componente vascular, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):16/06069-0 - Desenvolvimento de anticorpos monoclonais humanos para o tratamento da Doença de Chagas, BE.EP.DD
Assunto(s):Doença de Chagas   Trypanosoma cruzi   Células endoteliais   Phage display

Resumo

O Trypanosoma cruzi, protozoário agente etiológico da doença de Chagas, é um parasita intracelular conhecido há mais de um século. Para que possa infectar as células do hospedeiro e continuar seu ciclo reprodutivo necessita realizar o reconhecimento das mesmas, a adesão e a invasão. Constituindo a maior família gênica do parasita, compreendendo mais de 1400 genes e pseudogenes, as gp85/trans-sialidases (TS), são um grupo de moléculas presentes na superfície de tripomastigotos que estão envolvidas no processo de reconhecimento molecular do parasita. Utilizando a tecnologia de phage display, foi demonstrado por Tonelli, RR e colaboradores (2010) que um motif de 14 resíduos, conhecido como FLY, altamente conservado nas sequências de trans-sialidases, tem características de reconhecimento molecular que remetem a padrões de reconhecimento do T. cruzi. Neste projeto nosso objetivo é identificar novos motifs conservados nas sequências de trans-sialidases e caracterizá-los quanto à sua capacidade de reconhecer, aderir e serem internalizados em células endoteliais e quais receptores utilizam para tanto, contribuindo assim, para o entendimento das interações parasita-hospedeiro em nível molecular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TEIXEIRA, André Azevedo Reis. Reconhecimento molecular na doença de chagas do ponto de vista do parasita e do hospedeiro. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Conjunto das Químicas (IQ e FCF) (CQ/DBDCQ) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.