Busca avançada
Ano de início
Entree

Rousseau: o homem natural e as condições da transição para o estado civil

Processo: 12/13676-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Marisa da Silva Lopes
Beneficiário:Lili Pontinta Cá
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Estado de natureza   Estado civil   Relação social

Resumo

Rousseau, no livro Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens, desenvolve uma teoria hipotética segundo a qual o homem, no seu estágio primordial, vivia conforme a ordem mecânica da natureza, dependia desta para se alimentar e se manter saudável. No que diz respeito ao convívio, dir-nos-á o filósofo, o ser humano era solitário porque não tinha uma relação que não passasse de uma simples satisfação física, ou seja, não havia nele a necessidade de relacionar-se afetivamente com os outros a não ser no que concerne à realização dos seus desejos físicos, pois ele era autossuficiente em si mesmo e tudo o que fazia visava apenas à sua conservação. No entanto, obstáculos surgiram e impuseram mudanças em seu comportamento: ele experimenta a inveja, a dissensão, o orgulho, etc., ausentes inicialmente no bom selvagem. O homem natural rousseauniano, levado por situações adversas, necessitou ativar as faculdades que estavam potencialmente nele a fim de buscar solução para tais adversidades. Desta feita, adquiriu forma de viver oposta ao natural. E isso impeliu o homem a construir sua história, criando e introduzindo coisas artificiais no seu modo de viver, isto é, abandonou o estado simples de natureza para compor uma vivência complexa formada por pessoas com intenções não mais apenas de conservação, mas também de tirar benefícios e proveitos para si. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)