Busca avançada
Ano de início
Entree

Da religião civil à política natural: materialismo e sociedade segundo Rousseau e d'Holbach

Processo: 12/10776-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Maria das Graças de Souza
Beneficiário:Thomaz Massadi Kawauche
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Iluminismo   Materialismo   Moral   Natureza

Resumo

Trata-se de investigar o pensamento político de d'Holbach, buscando apreender as relações entre seus escritos e os de outros materialistas (Helvétius, La Mettrie, Diderot, por exemplo), bem como as aproximações - mais do que as divergências - com a obra de Rousseau, além de apontar, numa perspectiva crítica, os limites do conceito de "moral não-teológica" do Sistema da natureza. O ponto de partida será a contraposição do conceito rousseauniano de religião civil ao conceito de política natural de d'Holbach, observando-se os desdobramentos e as condições da relação entre religião e política no quadro teórico do século XVIII francês. Em linhas gerais, visa-se compreender as raízes daquilo que, dois séculos depois, viria a ser chamado de secularização (ou laicização) da sociedade: processo que, no século XVIII, ainda consistia num movimento em que as relações entre moral e política eram repletas de contradições, arbitrariedades e descaminhos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)