Busca avançada
Ano de início
Entree

Imediações, mediações, consagrações: o campo literário moçambicano (1975-2010)

Processo: 12/10624-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Rita de Cássia Natal Chaves
Beneficiário:Nazir Ahmed Can
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura moçambicana   Ideologia

Resumo

Pretende-se nesta pesquisa, de teor transdisciplinar e que abrange um vasto corpus de ficção, analisar o campo literário de Moçambique segundo os parâmetros de dimensão, densidade, intensidade de ligações e de hierarquização das relações entre os membros. Procuraremos compreender a literatura do país não só na sua dimensão textual, mas também no seu funcionamento socioeconômico, estético, ideológico e institucional. Assim, sem nunca negligenciar o texto em si (de autores com difusão internacional e de autores "invisíveis", cujas obras só circulam a um nível local), avaliaremos os seguintes aspectos: o peso da influência ideológica e política na vida cultural; as componentes socioeconômicas e institucionais presentes ou pressentidas no objeto literário; os estatutos, revisões e funções das redes literárias; o discurso social dos autores e de outros agentes envolvidos; as formas de financiamento da matéria cultural (com as suas ambivalências e efeitos de "clientelismo" e de "mecenato"); o papel da escola, das políticas educacionais e da consequente formação dos públicos locais, etc. Todos estes aspectos, e outros que deles derivam, têm profundas implicações na recepção, produção e circulação do produto literário. Por este motivo, serão analisados em diacronia, isto é, englobados no período que vai da independência do país (1975) a 2010, e em sincronia, de modo a comprovarmos o caráter dinâmico e específico deste campo. Em suma, questionaremos o grau de fragilidade institucional do campo literário moçambicano, detectando as mediações, as "imediações" (obras sem difusão internacional) e as consagrações (muitas vezes "confiscadas", porque dependentes de legitimação internacional) que nele se alojam. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)