Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de híbridos somáticos e plantas transgênicas de Citrus spp. para resistência a doenças

Processo: 12/01109-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 27 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Beatriz Madalena Januzzi Mendes
Beneficiário:Fabiana Rezende Muniz
Instituição Sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Resistência à doença   Citrus   Resistência genética vegetal   Biotecnologia de plantas   Hibridação vegetal
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biotecnologia Vegetal | Citros | hibrido somático | Planta transgênica | resistência a doenças | Resistência a doenças

Resumo

As frutas cítricas ocupam o primeiro lugar em volume de produção na fruticultura brasileira, com destaque para a produção de laranjas. Apesar disso, a produtividade de citros no país ainda é considerada baixa quando comparada com a produtividade obtida em outros países produtores. Essa baixa produtividade é devida, entre outros fatores, à ocorrência de doenças na cultura. Dentre as doenças de grande importância há a tristeza do citros causada pelo Citrus tristeza virus, a clorose variegada do citros causada pela Xylella fastidiosa, o cancro cítrico causado pela Xanthomonas axonopodis pv. citri e o huanglongbing (HLB) causado pela Candidatus Liberibacter spp., doenças disseminadas pelas regiões produtoras e reconhecidas pelo seu poder devastador. Técnicas de biotecnologia, como a transformação genética e a hibridação somática, são boas alternativas para superar algumas das características da complexa biologia reprodutiva dos citros, as quais dificultam a obtenção de plantas resistentes a doenças pelo melhoramento convencional. O objetivo do trabalho é avaliar plantas transgênicas e híbridos somáticos de citros, obtidos em trabalhos anteriores pelo grupo de pesquisa em biotecnologia de citros do CENA/USP e da ESALQ/USP, para resistência às doenças tristeza dos citros, clorose variegada dos citros, cancro cítrico e HLB. A resistência às doenças será avaliada em clones dos híbridos somáticos e das plantas transgênicas, após inoculação com o patógeno específico, conforme a construção gênica inserida, através de avaliação de sintomas e de quantificação do patógeno por Real-time PCR. A avaliação do comportamento dessas plantas frente às doenças irá permitir a seleção de plantas consideradas promissoras, as quais poderão ser incorporadas a programas de melhoramento genético. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)