Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de junções intercelulares em fibroblastos da sínfise púbica de camundongos durante a prenhez

Processo: 11/23748-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Paulo Pinto Joazeiro
Beneficiário:Viviane de Souza Rosa
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia (anatomia)   Genitália feminina   Sínfise pubiana   Tecido conjuntivo   Parto

Resumo

A adequada remodelação de órgãos que constituem o canal de parto é essencial para a gestação normal e para que o parto ocorra sem distócia. Tendo em mente que durante o parto o útero se contrai enquanto o canal de parto necessita estar relaxado, essa remodelação necessita ser adequadamente coordenada. Em alguns roedores há acentuado processo de remodelação da sínfise púbica (SP) para acomodar o canal de parto. No camundongo, após o 12º dia da prenhez esta rígida articulação fibrocartilaginosa que mede aproximadamanete 0,3 mm é rapidamente remodelada resultando no ligamento interpúbico (LIp) flexível que no dia do parto (19º Dia) mede aproximadamente 6,0 mm. Logo após o parto, o LIp involui e o espaço entre os ossos púbicos se fecha por volta do quinto dia pós-parto. Sabe-se que o hormônio relaxina facilita o crescimento e remodelação dos órgãos do trato reprodutor feminino alterando a regulação dos processos bioquímicos envolvidos na remodelação do tecido conjuntivo do útero gravídico, da cérvice e da vagina. Nenhum outro conjunto de órgãos ou sistema em indivíduos adultos passa por tão rápido crescimento e involução devido a modificações celulares que levam à hiperplasia, hipertrofia e morte celular, bem como síntese e degradação de matriz extracelular. Porém pouco se dá ênfase às alterações de fenótipos celulares da SP ou do LIp durante a prenhez. Durante a remodelação da sínfise do camundongo as células fibrocartilaginosas adquirem características semelhantes aos dos miofibroblastos no LIp. Esses fibroblastos por sua vez expressam a-actina de músculo liso ativamente e incorporam esta isoforma de actina em filamentos no citoesqueleto; além disso, apresentam como características fenotípicas núcleos de contornos irregulares, junções especializadas que se assemelham aos 'fibronexus' e também de célula-célula, que potencialmente são capazes de transmitir contratibilidade celular à matriz extracelular. Tais contatos garante a coordenação de forças mecânicas presente durante a remodelação dos tecidos intepúbicos. Apesar de exibir tais características, até o presente momento não há estudos que relatem evidências de contatos intercelulares nos fibroblastos do ILp. Sendo assim, o presente projeto pretende estudar características morfológicas das interações entre células semelhantes aos miofibroblastos a fim de verificar a existências de junções ou adesões que podem ocorrer a partir de 12º. dia prenhez. Serão analisadas e comparadas as características morfológicas das interações de células do conjuntivo interpúbico no 12°, 15° e 18° dias de prenhez, por meio da microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão paralelamente à identificação das moléculas constituintes de junções com o emprego de imunoflorescência e western blotting.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)