Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura e propriedades físicas de filmes de poliuretanas obtidas de fontes renováveis

Processo: 12/05994-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Elisabete Frollini
Beneficiário:Cristina Gomes da Silva
Supervisor: Suresh S. Narine
Instituição Sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Toronto (U of T), Canadá  
Vinculado à bolsa:11/11008-7 - Filmes baseados em ligninas produzidas em biorefinarias e fibras lignocelulósicas: compósitos de poli(lignofenólicos) e poli(lignouretanas), BP.PD
Assunto(s):Polímeros (materiais)   Lignina   Poliuretanos   Celulose   Óleos vegetais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:celulose | Lignina | lipídios | óleos vegetais | Poliuretanos | Polímeros

Resumo

Macromoléculas oriundas de subprodutos da agroindústria, como lignina e celulose, assim como os óleos de soja e mamona, dentre outros, por possuirem grande quantidade de grupos hidroxilas serão usados na preparação de poliuretanas (PU). Blendas destes polióis também serão consideradas na preparação de PU. Propõe-se ainda neste trabalho a substituição do diisocianato sintético por um derivado de lipídeos. Filmes serão preparados a partir das diferentes Pu´s sintetizadas. Nanofibras de celulose serão preparadas e utilizadas como reforço da matriz-tipo filme de PU, para enriquecimento das propriedades destes materiais. O processo de obtenção das nanofibras poderá ser via electrospinning, ou pela combinação de refinamento de alta energia em moinho (PFI, Paperindustriens Forkninginstitutt), e subsequente esmagamento criogênico sob nitrogênio líquido. Os biopolímeros serão avaliados via MALD-TOF, que permite avaliar a distribuição de massa molar de macromoléculas, além de técnicas espectroscópicas (como Ressonância Magnética Nuclear (1H, 13C), dentre outras. Nanofibras e filmes (reforçados ou não reforçados) serão analisados quanto à morfologia via Microscopia Eletrônica de Varredura por Campo (Field-emission Scanning Electron Microscopy - FE-SEM), Microscopia de Transmissão Eletrônica (Transmission Electron Microscopy - TEM), Microscopia de Força Atômica (Atomic Force Microscopy - AFM), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Os filmes serão ainda avaliados quanto às propriedades mecânicas, via ensaios de tração, análise térmica dinâmico mecânica (DMTA), além de análise térmica (DSC, TG), dentre outras. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)