Busca avançada
Ano de início
Entree

Estimativa da Radiação Solar Global em Presidente Prudente-SP nos anos de 1999 a 2007

Processo: 11/21092-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:José Tadeu Garcia Tommaselli
Beneficiário:Vinícius Arthico Demori
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Climatologia

Resumo

A grande extensão do território nacional inviabiliza a instalação e manutenção de instrumentos de medição de radiação solar, o que torna fundamental o desenvolvimento e a aplicação de modelos que sejam capazes de estimar dados suficientes e confiáveis para as mais diversas atividades que utilizem tais dados. Sendo que estes, para a maioria dos casos, são estimados a partir da equação de Ângstron. Tendo como base esse modelo, este projeto objetivará a estimativa da radiação solar global para a cidade de Presidente Prudente-SP, utilizando dados diários do ano de 1999 a 2007. Os dados obtidos sobre radiação solar global serão obtidos a partir da cotação das curvas (fitas) diárias dos registros do actinógrafo bi-metálico (Robitsch) da estação meteorológica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNESP. Tais fitas serão digitalizadas, resultando em imagens digitais com pares de coordenadas x e y (x = tempo, h e y = radiação solar global, cal/min.cm²) para os dias registrados. O valor diário da radiação solar global será o valor da área sob a curva da imagem. Tal valor de área será calculado a partir de algoritmos computacionais. Após a aquisição e cálculo dos valores necessários ao desenvolvimento da equação de Ångstron, serão determinadas as constantes "a" e "b", através da regressão linear entre os valores de / radiação solar global / radiação solar incidente em uma superfície horizontal no topo da atmosfera), como ordenadas, e de n/N (número de horas de brilho solar / duração do dia em horas), como abscissas. O coeficiente angular da reta ajustada será a constante "b" e o coeficiente linear, a constante "a". Os resultados estimados serão comparados aos observados através do teste de Kolmogorov-Smirnov.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)