Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre o tratamento crônico com lítio e papel do sistema colinérgico na neuroinflamação

Processo: 11/14636-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Tânia Araújo Viel
Beneficiário:Natália Mendes Schowe
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Lítio   Neuroinflamação   Receptores colinérgicos

Resumo

Com o evidente envelhecimento da população mundial, observa-se o aumento proporcional da prevalência de demência, em particular a doença de Alzheimer (DA), afecção neurodegenerativa progressiva e irreversível, que resulta em expressiva perda de memória. Uma das hipóteses mais aceitas atualmente para a etiologia da DA é a colinérgica, a qual sugere que o declínio cognitivo apresentado seja devido à perda de neurônios colinérgicos. O lítio é um cátion monovalente cuja eficácia na estabilização do humor foi descoberta há mais de 50 anos. Estudos mostraram que o tratamento crônico com esse íon aumentou a captação de colina pelos terminais pré-sinápticos e a neurotransmissão colinérgica, além de diminuir a toxicidade causada por complexos formados por beta-amilóide e a enzima colinesterase. Ademais, em estudo clínico recente do nosso grupo, verificamos que o tratamento com microdoses de lítio foi eficiente em impedir a progressão do declínio cognitivo de pacientes com diagnóstico clínico para a doença de Alzheimer. Esse projeto visa esclarecer os mecanismos envolvidos nos efeitos clínicos recentemente observados com o tratamento com microdoses de lítio, analisando um possível sinergismo entre a inibição da enzima GSK-3 e o aumento da ativação de receptores a7 na micróglia, levando à redução do processo neuroinflamatório induzido pela injeção de lipopolissarídeo. Este estudo poderá fornecer subsídios para a compreensão dos mecanismos pelos quais o lítio participa na estabilização da demência, o que pode contribuir para novas opções de tratamento da DA.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARALDI, TICIANA; SCHOEWE, NATALIA MENDES; BALTHAZAR, JANAINA; MONTEIRO-SILVA, KARLA CRISTINA; ALBUQUERQUE, MARILIA SILVA; BUCK, HUDSON SOUSA; VIEL, TANIA ARAUJO. Cognitive stimulation during lifetime and in the aged phase improved spatial memory, and altered neuroplasticity and cholinergic markers of mice. Experimental Gerontology, v. 48, n. 8, p. 831-838, . (08/04215-3, 11/14636-9, 07/07433-9)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SCHOWE, Natália Mendes. Relação entre o tratamento crônico com lítio e papel do sistema colinérgico na neuroinflamação.. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas (ICB/SDI) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.