Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação de carga viral e estado de integração do HPV e perfil de citocinas in situ em mulheres com lesão intraepitelial de baixo grau, lesão epitelial de alto grau e carcinoma epidermóide invasor.

Processo: 11/16099-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Márcia Guimarães da Silva
Beneficiário:Larissa Doddi Marcolino
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica   Infecções por Papillomavirus   Carga viral

Resumo

Introdução: A infecção por Papilomavírus Humano (HPV) oncogênico é o fator de risco mais importante para desenvolvimento de lesões intraepiteliais bem como para o carcinoma epidermóide invasor. A resposta imune tem papel importante na infecção pelo HPV na cérvice uterina, sendo as citocinas importantes reguladoras da transcrição viral. Objetivo: Avaliar o padrão de citocinas nas biópsias cervicais de mulheres portadoras de lesão intraepitelial de baixo grau (LIEBG), lesão intraepitelial de alto grau (LIEAG) e carcinoma epidermóide invasor (CE), além de associar esse padrão de resposta imune com carga viral e estado de integração do HPV. Pacientes e Métodos: Serão incluídas no estudo 120 mulheres com diagnóstico clínico e histopatológico de LIEBG (n=40), LIEAG (n=40) e CE (n=40), atendidas no Ambulatório de Colposcopia da Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP) e no Ambulatório de Ginecologia Preventiva do Hospital Amaral Carvalho, Jaú, SP. As análises histopatológicas serão realizadas no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP). Como grupo controle, serão incluídas no estudo 40 mulheres com suspeita de doença HPV induzida, sem alterações histopatológicas na biópsia do colo do útero e com idade média pareada com as mulheres do grupo estudo. A pesquisa de HPV nos fragmentos de biópsias cervicais obtidas através do exame colposcópico será realizada empregando-se a técnica da reação em cadeia da polimerase (PCR) utilizando os primers específicos (MY9/11 e GP5+/GP6+), e a genotipagem será realizada pela técnica Linear Array HPV (Roche Molecular Diagnostics). A pesquisa de carga viral e do estado de integração do DNA-HPV serão avaliadas pela técnica de PCR em tempo real. Para a avaliação da imunomarcação das citocinas de interesse (IL-1², IL-2, IL-4, IL-6, IL-8, IL-10, IL-12, IFN-gama e TNF-alfa)) nos fragmentos de biópsias cervicais será empregada a técnica de imuno-histoquímica. A análise dos dados será realizada de acordo com os pressupostos estatísticos, considerando os resultados obtidos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARCOLINO, Larissa Doddi. Análise de carga viral e estado físico do Papilomavírus Humano (HPV) e perfil de citocinas em mulheres com lesão intraepitelial cervical e carconoma cervical invasor. 2015. 54 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.