Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da inibição de anidrases carbônicas 9 e 12 pelo E7070 in vivo e in vitro: Implicações na progressão e na terapêutica dos glioblastomas

Processo: 11/05957-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Scrideli
Beneficiário:Silvia Aparecida Teixeira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/08899-5 - Efeito do silenciamento da CA12 e da ativação da do NF-kB, via TNFa, em células tronco de glioblastoma, BE.EP.PD
Assunto(s):Hipóxia tumoral   Antineoplásicos   Biologia molecular   Glioblastoma

Resumo

Glioblastoma é o mais comum e agressivo dos tumores encefálicos primários. Apesar dos avanços tecnológicos no procedimento cirúrgico, seguidos por tratamentos de radio e quimioterapia a média de sobrevida dos pacientes é de 12 a 15 meses. Este tipo de tumor exibe elevada heterogeneidade celular, com alterações genéticas complexas que refletem em alta instabilidade genômica e apresentam implacável progressão maligna, caracterizada por difusão e invasão através do cérebro, resistência aos tradicionais e aos novos alvos terapêuticos e destruição do tecido encefálico normal. Um fator importante para a progressão tumoral é a acidificação do ambiente que é promovida pelas anidrases carbônicas (CAs) 9 e 12, que direcionam para a aquisição de fenótipo metastático e de quimioresistência a drogas anticâncer. Esses processos podem ser revertidos por inibidores específicos de CAs. E7070, uma sulfonamida impermeável à membrana, é uma nova droga para o tratamento de câncer, com potente inibição destas enzimas. Exibe atividade in vitro e in vivo e impede a progressão do ciclo celular em células tumorais. Um melhor entendimento dos complexos mecanismos, moleculares e celulares, que direcionam para a progressão tumoral é importante pré-requisito para a identificação de novas e mais efetivas estratégias terapêuticas, com intuito de melhorar a sobrevida dos pacientes. Desse modo, no presente projeto propomos estudar a expressão e os efeitos in vitro da inibição da via das CAs 9/12 pelo E7070 (isoladamente ou em combinação com os tratamentos atualmente utilizados) na quimioresistência, invasão, proliferação e apoptose de linhagens celulares e células tronco SSEA-1+ submetidas à hipóxia. Dentre os genes estudados, selecionaremos um para analisar em modelo in vivo de camundongos imunodeprimidos os efeitos do E7070 na inibição da progressão tumoral e, conseqüentemente, na sobrevida.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEIXEIRA, SILVIA A.; VIAPIANO, MARIANO S.; ANDRADE, AUGUSTO F.; NANDHU, MOHAN S.; PEZUK, JULIA A.; BIDINOTTO, LUCAS T.; SUAZO, VERIDIANA K.; NEDER, LUCIANO; CARLOTTI, CARLOS G.; BECKER, ALINE P.; et al. The Carbonic Anhydrase Inhibitor E7070 Sensitizes Glioblastoma Cells to Radio- and Chemotherapy and Reduces Tumor Growth. Molecular Neurobiology, . (11/07448-1, 14/08899-5, 11/05957-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.