Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem de plantas provenientes do Pantanal Brasileiro com atividade antimicrobiana contra Staphylococcus spp.

Processo: 11/08037-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Fernanda Lourenção Brighenti
Beneficiário:Camila Miorelli Girondi
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Staphylococcus   Produtos biológicos   Microbiologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Produtos biológicos | Staphylococcus | Microbiologia

Resumo

O uso de plantas medicinais é a forma mais popular da medicina tradicional. O Brasil abriga a maior biodiversidade do planeta, sendo que o bioma Pantanal possui uma variedade de espécies vegetais com potencial de uso medicinal. Staphylococcus spp. estão envolvidos em infecções cutâneas, sistêmicas, alimentares e septicemia e têm apresentado resistência a diversos antimicrobianos. Na cavidade bucal, esses micro-organismos podem estar envolvidos com doença periodontal, infecções endodônticas, entre outras. O objetivo desse trabalho é avaliar o efeito antimicrobiano de extratos de dez plantas encontradas no Pantanal sobre cepas de referência de S. aureus ATCC 6538, S. epidermidis ATCC 12228 e 58 isolados clínicos da cavidade bucal de pacientes saudáveis. Os extratos serão preparados a partir de folhas coletadas no período de cheia do Pantanal, as quais serão secas e pulverizadas. Serão preparados 60 extratos variando-se os solventes (água, etanol 70o, etanol 99o ou hexano), ou a temperatura (extratos aquosos: 100oC, 55oC ou 25oC; extratos orgânicos: 25oC), na proporção pó/solvente de 1:20 (massa/volume). A triagem inicial será realizada com as cepas de referência através do teste de difusão em ágar, a partir da concentração dos extratos de 50 mg/mL. Os extratos mais ativos terão sua concentração inibitória mínima (CIM) e concentração bactericida mínima (CBM) determinadas através da técnica de microdiluição em placas de 96 poços, utilizando isolados bucais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)