Busca avançada
Ano de início
Entree

Construção de dipositivos orgânicos utilizando filmes finos de melaninas como camada ativa

Processo: 11/10447-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Carlos Frederico de Oliveira Graeff
Beneficiário:Wagner Souza Machado
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57872-1 - Instituto Nacional de Ciências dos Materiais em Nanotecnologia, AP.TEM
Assunto(s):Melaninas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Dispositivos eletrônicos orgânicos | Melanina | memórias orgânicas | transistores orgânicos | Física de dispositivos eletrônicos orgânicos

Resumo

Atualmente, o grande interesse na construção de dispositivos eletrônicos orgânicos tem proporcionado um rápido avanço visando a obtenção de dispositivos optoeletrônicos flexíveis, de baixo impacto ambiental e baixo custo, utilizando filmes de semicondutores orgânicos. Recentemente, a construção de dispositivos eletrônicos orgânicos utilizando materiais biológicos tem mostrado a possibilidade de obtenção de dispositivos biocompatíveis, possibilitando sua utilização na área de dispositivos para medicina. As melaninas são pigmentos naturais que apresentam propriedades físico-químicas, tais como: absorção de luz no ultravioleta-visível, condutividade elétrica e fotocondutividade, apresentando caracteristicas de semicondutores amorfos. Com a possibilidade de se depositar filmes finos destes materiais bio-orgânicos, surge uma oportunidade de utilizá-los estes como componentes ativos na construção de dispositivos orgânicos. Este projeto tem como objetivo sintetizar e preparar filmes finos de melanina para utilização como camada ativa em memórias orgânicas biocompátiveis e como camada semicondutora em transistores orgânicos biocompatíveis. Estes dispositivos irão permitir estudar os mecanismos de transporte nos filmes finos de eumelanina, bem como possíveis aplicações destes dispositivos como sensores de humidade, sensores de gases químicos e biossensores.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)